Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Brasil a uma vitória das quartas no Pré-Olímpico de Basquete 3×3

A equipe do Brasil com as vitórias sobre Turquia e República Tcheca, agora depende de mais um triunfo nos dois próximos jogos para avançar a próxima fase

Ricardo Antunes
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução / CBB

O Brasil está a uma vitória das quartas de final no Pré-Olímpico de Basquete 3×3, a equipe brasileira iniciou com o pé direito na última quarta-feira (26), em Graz na Austria, com vitórias convincentes diante da Turquia 21 x 6 e depois 21 x 14 na República Tcheca, dando um passo importante rumo a classificação, o time brasileiro lidera o Grupo A juntamente com a Mongólia que também venceu os seus dois compromissos. Mesmo com apenas 20 dias de preparação, a equipe do Brasil mostrou um ótimo entrosamento neste início do Pré-Olímpico, na sexta-feira (28), o Brasil enfrentará a Polônia ás 13:15 e a Mongólia ás 16:35 (horários de Brasília) no encerramento da primeira fase.

As duas melhores seleções de cada grupo avançam às quartas de final, os vencedores avançarão as semifinais, depois haverá a disputa de 3º e 4º lugar e a final, somente três equipes garantiram as vagas para Tóquio 2020. A competição será disputada de 26 a 30 de maio em Graz na Austria, com equipes masculinas e femininas, o Brasil foi apenas com o time masculino. Primeira fase – 26 a 29 de maio e Quartas de final/Semifinais/Disputa de 3º e 4º lugar e Final – 30 de maio

A tabela com os grupos do Pré-Olímpico de basquete 3x3 — Foto: Reprodução / Fiba

Arte: Reprodução / Fiba

Antes do início da competição o técnico brasileiro colocou a sua perspectiva sobre os seus primeiros adversários

 “Nossa estreia é contra a Turquia, um jogo equilibrado. Temos possibilidades. Analisamos os jogos desse adversário. Depois temos a República Tcheca. A nossa ideia é vencer esses dois jogos do primeiro dia e depois, contra Mongólia e Polônia, buscar a primeira colocação do grupo. E subir o patamar da seleção brasileira”, disse o técnico Douglas Lorite.

Serão oito seleções de cada gênero nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no masculino quatro equipes já estão classificadas Japão, como país-sede, Sérvia, Rússia e China como as três melhores do ranking. A última vaga sairá do Pré-Olímpico Universitário de 4 a 6 de junho, em Debrecen na Hungria, com os seis melhores países do ranking que não participaram das duas últimas edições dos Jogos, no masculino serão: Hungria, Mongólia, Eslovênia, Holanda, Letônia e Polônia.
Arte: Reprodução / Fiba
Mas se uma dessas equipes (limite de 3) exceto o time húngaro conseguirem as vagas no primeiro Pré-Olímpico, abrirão a oportunidade para Bélgica, Ucrânia e Romênia de disputarem o  Pré-Olímpico Universitário, mas ainda existe a possibilidade dos belgas conquistarem a vaga pelo Pré-Olímpico da Austria, já que estão na disputa do torneio, assim como Mongólia, Eslovênia, Holanda, Letônia e Polônia. Nos dois gêneros a forma de disputa dos campeonatos é o mesmo.

Brasil 3×3

André Ferros – São Paulo DC

Jonatas Mello – São Paulo DC

Jefferson Socas – ABAP/Blumenau

Fabrício Veríssimo – Lendas 3×3 RJ

Treinador – Douglas Lorite Motta

 

O Basquete 3×3 é disputado por equipes com treis jogadores e um espaço de meia quadra (15m x 11m), as partidas tem duração de 10 minutos ou 21 pontos, o tempo de posse de bola é de 12 segundos, na prorrogação quem fizer dois pontos primeiro será o vencedor, na pontuação temos 1 ponto (dentro do perímetro) e 2 pontos (fora do perímetro), apenas um tempo é permitido por cada equipe no jogo, não existem faltas individuais apenas coletivas com o limite de 6 faltas por time, da 7ª a 9ª infração dois lances livres a favor do adversário e da 10ª em diante além dos lances livres a posse de bola, assim a equipe mais faltosa do duelo será penalizada dessa maneira, toda a vez que houver o rebote do arremesso feito pelo seu time tem que sair do perímetro para reiniciar o ataque.

LEIA MAIS: Philadelphia 76ers domina os Wizards e abre 2 a 0 na série

Após polêmica na primeira partida, Knicks vencem e empatam a série contra os Hawks

Na volta de Donovan Mitchell e partida histórica de Ja Morant, Utah Jazz vence Memphis e empata série