Com 200 jogos com a camisa do Grêmio, Cortez reconquista a vaga de titular com Tiago Nunes

Bruno Cortez chegou a marca de 200 jogos com a camisa do Grêmio diante do Caxias, pelo Gauchão; Com contrato encerrando no final de 2021, o Grêmio conversa para renovar enquanto o lateral retoma a titularidade

Diogo Rossi
Jornalista, 28 anos.

Crédito: Lucas Uebel - Grêmio

Bruno Cortez chegou ao Grêmio em 2017. Com certa desconfiança, o lateral foi conquistando aos poucos a titularidade na vaga do então campeão da Copa do Brasil, Marcelo Oliveira. Como titular do time de Renato Portaluppi, Cortez foi campeão da Libertadores 2017, Tricampeão gaúcho 2018-19-20, Recopa Gaúcha e campeão da Recopa Sul-Americana em 2018. Contudo, aos poucos o lateral foi perdendo prestígio, especialmente com a torcida. Em 2020, o Tricolor investiu 10 milhões de reais em 25% do passe de Diogo Barbosa para assumir a condição de titular no time. E foi justamente o que aconteceu após poucas partidas. Entretanto, com a saída de Renato e a chegada de Tiago Nunes, Cortez está reassumindo a titularidade. Vale lembrar, também, que por uma infelicidade Diogo Barbosa foi acometido da Covid-19.

Números e títulos

Cortez do elenco campeão da Libertadores 2017 é um dos poucos remanescentes. Além dele, Geromel, Michel, Paulo Victor seguem no elenco. Reserva na temporada 2020, Cortez retoma a titularidade e agora com um novo comandante. Na partida de ontem, diante do Caxias pelo Gauchão, Cortez completou 200 jogos. Talvez nem mesmo lateral imaginava quando chegou e estreou diante do Flamengo pela Primeira Liga. Além dos títulos, o torcedor guarda na memória as grandes atuações contra o Lanús na final da Libertadores e a semifinal do Mundial contra o Pachuca.

Em conversas para renovar

Com um currículo extenso e aos 34 anos, Cortez agora planeja a renovação. Segundo apurou o Torcedores.com, o Grêmio já teve uma primeira conversa com o atleta e seu representante. O intuito é estender o vínculo do jogador até o final de 2022. Cortez, com Tiago Nunes se tornou peça titular do time mais uma vez, especialmente pelas caracterísiticas defensivas. Nas internas o jogador tem sido muito elogiado pela nova comissão.