Conmebol define sedes das finais da Libertadores e Sul-Americana para 2021 e 2022

Martelo foi batido em reunião nesta quinta-feira; Brasília recebe final da Sul-Americana em 2022

Matheus Leal
Setorista e editor-assistente do Torcedores.com

Crédito: Reprodução

A Conmebol bateu o martelo nesta quinta-feira e anunciou o Estádio Centenário, em Montevidéu, como o palco das finais da Libertadores e Sul-Americana em 2021. Além disso, a entidade também informou que o Monumental de Guayaquil, no Equador, e o Mané Garrincha, em Brasília, serão sedes das finais da Libertadores e Sul-Americana de 2022, respectivamente.

A decisão da Libertadores neste ano está marcada para acontecer no dia 20 de novembro, um sábado. O horário, no entanto, ainda não foi definido pela Conmebol. Já a final da Sul-Americana acontece no dia 6 de novembro.

Campeonato Carioca pode ter finais com público no Maracanã

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Em nota, a Conmebol informou que a pandemia e o avanço da vacinação no Uruguai foram determinantes para a escolha de Montevidéu como sede.

“Devido às circunstâncias excepcionais causadas pela pandemia de COVID-19 e procurando as melhores condições sanitárias possíveis, o Conselho adoptou a decisão tendo em conta principalmente a situação da epidemia projetada para novembro. Nesse sentido, o Uruguai planeja vacinar um alto percentual de sua população até julho, o que colocaria este país entre os mais seguros do continente nas datas previstas para as finais”, diz o texto.

A expectativa da entidade é que as decisões, em novembro, já possam receber uma certa quantidade de público tendo em vista a vacinação. A intenção é que os presentes sejam locais. Na final de 2020, a Conmebol liberou 2.500 convidados pelos clubes para estarem presentes no Maracanã.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes