Ex-meia de Vasco e Chapecoense é o primeiro reforço do Braga para a próxima temporada

Lucas Mineiro acertou contrato com o Braga até junho de 2025

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Gil Vicente

O Braga acertou a primeira contratação para a próxima temporada. O Torcedores.com apurou que o meia Lucas Mineiro, de 25 anos, que foi destaque do Gil Vicente no Campeonato Português. Seu contrato com o novo clube vai até junho de 2025.

Segundo apurou a reportagem, Lucas Mineiro será anunciado na próxima segunda-feira pelo Braga. Afinal, o time comandado pelo técnico Carlos Carvalhal enfrenta o Benfica, domingo, em jogo válido pela final da Taça de Portugal.

O reforço, que pertencia a Chapecoense, chega ao Braga em definitivo. Para contar com o brasileiro, o clube português precisou desembolsar 1,5 milhão de euros (R$ 9,7 milhões, pela cotação atual) para adquirir 90% dos direitos econômicos.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A Chapecoense manteve, então, os outros 10% do passe do atleta visando uma futura negociação. Além disso, o acordo prevê a extensão do contrato por mais uma temporada se Lucas Mineiro bater metas durante o compromisso.

Lucas Mineiro despertou a atenção do mercado ao ser líder de desarmes do Gil Vicente nesta temporada. O atleta desarticulou os rivais em 77 oportunidades. Por isso, o volante também entrou no radar do Benfica.

O técnico Jorge Jesus havia pedido a contratação do jogador para a próxima época. No entanto, o clube encarnado desejava comprar apenas 50% direitos do atleta junto ao Verdão do Oeste Catarinense. A Chapecoense, no entanto, descartou a modalidade de acordo.

A carreira de Lucas Mineiro

Nascido em Belo Horizonte, Minas Gerais, Lucas da Silva Izidoro surgiu para o futebol no Villa Nova-MG em 2015. No mesmo ano, o volante, então com 19 anos, ingressou nas categorias de base da Chapecoense. Lá, atuou ao lado do goleiro Tiepo e do atacante Lourency.

Pelo Verdão, ele disputou 42 partidas e foi Bicampeão Catarinense em 2016 e 2017. Posteriormente, atuou por Vasco e Ponte Preta. Em 2020, teve sua primeira experiência internacional ao defender o Cerezo Osaka, do Japão, onde teve passagem apagada.

LEIA MAIS:

Porto decide não renovar empréstimo, e ex-Santos será devolvido ao West Ham 

Empresário viaja para a Europa para negociar Lucas Mineiro com o Benfica e atender pedido da Chapecoense 

Gil Vicente avisa que pretende exercer direito de compra dos direitos de jogador da Chapecoense