Grêmio deve ter time misto contra o Aragua pela Sul-Americana

Depois da vitória no clássico Grenal, o Grêmio viaja a Venezuela e deve ter time misto diante do Aragua, na Sul-Americana; Tricolor está praticamente classificado para as oitavas da competição

Diogo Rossi
Jornalista. Setorista da Dupla Grenal.Me acompanhe:twitter.com/diogo_rossi youtube.com/DiogoRossiJornalista

Com 12 pontos, o Grêmio é líder do grupo H, da Sul-Americana. Por isso, o time treinado por Tiago Nunes, deve ter uma equipe mista na Venezuela. Um empate, fora de casa, diante do Aragua, garante o Tricolor na próxima fase da competição. Além disso, a decisão contra o Inter e a sequência de jogos são fatores para um primeiro jogo de preservação de alguns titulares do time.

 

Empate classifica

 

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A série invicta e de vitórias de Tiago Nunes impressiona. Mas na Sul-Americana o Grêmio está a um empate da próxima fase. O adversário é o Aragua, na Venezuela. Em Porto Alegre o Grêmio aplicou 8 x 0, no adversário. Com 12 pontos, o Grêmio é seguido pelo Lanus que tem 6. Faltando duas rodadas, o time Argentino não alcançaria mais o Grêmio em pontos caso o tricolor empate.

No time, Thiago Santos deve ser preservado mais uma vez. Sem lesão constatada, o volante cuida de um problema na coxa direita sofrido no jogo contra o Lanús. No ataque, Diego Souza, artilheiro do Grêmio, deve ser preservado. Uma chance para Diego Churín. Já Léo Pereira deve ganhar uma continuidade, após a lesão de Luis Fernando sofrida no Grenal 431. Kannemann segue fora e Geromel pode ganhar um descanso. O mesmo vale para Rafinha que deve dar uma chance a Vanderson mais uma vez. Maicon, titular no clássico, é outro que deve ficar fora do jogo na Venezuela.

O Grêmio volta a treinar, hoje, e vai definir quem, de fato, não viaja a Venezuela e como o time deve ser montado. Vale lembrar que Tiago Nunes não é um grande adepto da preservação, mas a necessidade dessa vez se impõem. O jogo contra o Aragua está marcado para quinta-feira, às 21:30.