Presidente do São Paulo abre o jogo sobre venda dos naming rights do Morumbi

Júlio Casares disse que a venda dos naming rights do Morumbi faz parte do projeto de “um novo São Paulo”

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Igor Amorim/saopaulofc.net

Júlio Casares, presidente do São Paulo, revelou em entrevista coletiva, que a diretoria deseja comercializar o nome do estádio do Morumbi. Mas, a pandemia é um obstáculo para que a venda dos naming rights comece. Porém, ele afirmou que já existem conversas com potenciais patrocinadores.

“Claro que nós gostaríamos de tentar ter sucesso nessa operação, mas quando você olha o que está acontecendo no mundo e no Brasil no cenário da pandemia, ele se torna um pouco mais difícil. Não obstante, nós temos inúmeras reuniões para discutirmos isso. Quando nosso marketing senta para falar de um produto da área social ou do futebol ou de outro esporte, envolve o estádio, envolve o naming rights. É tudo uma apresentação que nós avaliamos”, disse.

Júlio Casares a venda dos naming rights é parte do projeto de um “novo São Paulo”, o mandatário também disse que o projeto deve só deve ser concretizado nos próximos anos.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Agora, eu não tenho uma perspectiva muito grande nesse primeiro ano em razão da economia e da pandemia. Não é só o valor da exposição, é da ativação, são as redes sociais, é a cumplicidade no projeto pelos resultados… Portanto é um São Paulo diferente, que passa também por uma ativação do estádio. A valorização do Templo Sagrado, que é o Morumbi, faz parte de um processo também mercadológico, para, quem sabe, em 2022 ou 2023 a gente possa comemorar um naming rights que seja positivo, não é um dinheiro mais ou menos comum que você vai mudar estrutura do estádio Inclusive o seu nome, tem que ser algo muito mais contemplativo em nível de receita”, disse. 

Mais sobre o autor: Twitter

LEIA MAIS:

Alvo do Grêmio, Douglas Costa não joga mais pelo Bayern, diz jornal

Holan, ex-técnico do Santos interessa a outro time da Série A

Sondado por 3 times brasileiros, Patrick define seu futuro, diz jornalista

Mercado da Bola: David Luiz tem propostas para deixar o Arsenal