Anderson Silva domina ex-campeão e vence em retorno ao boxe

Com momentos que lembraram os bons tempos do MMA, brasileiro derrotou Julio Cesar Chavez Jr

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução

Diante de todos os lutadores vindos do MMA e que migraram para o boxe, Anderson Silva pode ter feito a melhor performance destes. No último sábado (19), em Guadalajara (MEX), o ex-campeão do UFC enfrentou o mexicano Julio Cesar Chavez Jr em sua volta aos ringues e conseguiu a vitória na decisão dividida dos juízes,

Muito do duelo no estádio Jalisco (onde a seleção brasileira jogou nas Copa de 1970 e 1986) mostrou um ‘Spider’ que relembrou os velhos tempos em que brilhava no octógono do Ultimate, onde reinou durante anos na divisão dos médios da organização.

Os primeiros rounds da luta foram de pouca ação e muito estudo por parte dos dois lutadores. A partir do terceiro round, Anderson Silva começou a se soltar e a dar o ‘show’ que os fãs esperavam ver no estádio de Guadalajara. As provocações tradicionais do ‘Spider’ em suas lutas apareceram fortes no terceiro assalto, para no quarto, a ação começar a virar a favor do brasileiro.

Com golpes mais contundentes. Anderson pressionou até o fim Chavez, mas sem derrubar o boxeador. Mesmo a diferença de idade (46 anos do brasileiro contra 35 do mexicano) e experiência (o ex-campeão do UFC não lutava boxe desde 2005) não afetaram em nada a performance do ‘Spider’, que dominou até o fim e levou a vitória na decisão dos juízes.

“Me sinto muito feliz. Queria dizer obrigado! Quando comecei a treinar, falei com meus técnicos e disse que eu precisava realizar um sonho de muitos anos. Pelo meu respeito ao boxe, eu deveria vir aqui e dar o meu melhor”, declarou Anderson após a luta.

“Senti um pouco de diferença na parte dos detalhes técnicos, de trabalhar o jogo de pernas, fazer os movimentos corretos. Mas tive bons professores, que entendem meu jogo e tudo está se encaixando porque nunca parei de treinar”. completou o ‘Spider’, que foi saudado por Saúl ‘Canelo’ Álvarez, um dos grandes campeões do boxe mexicano na atualidade.

LEIA MAIS

Chris Weidman pede desculpa a Anderson Silva em conversa em podcast