Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Bucks recebe Hawks em casa para tentar empatar a série

Vindo de uma derrota em casa, o Milwaukee Bucks recebe o Atlanta Hawks para tentar igualar o placar na série

Davi Alves
Colaborador do Torcedores

Crédito: Giannis fez 34 pontos na primeira partida. Divulgação: Galileo News

Comandados por Mike Budenholzer, o time do Milwaukee Bucks terá uma tarefa difícil nesta noite de 25 de junho, às 21h30, horário de Brasília. Após perder o primeiro jogo em casa, a equipe apostará todas suas fichas nessa partida, antes de ir para Atlanta. Giannis, que teve boa partida no jogo 1, vai ter que mais uma vez ser o foco produtivo do elenco. Pelo lado dos Hawks, Trae Young segue fazendo história e ele não deve diminuir o ritmo hoje à noite.

Milwaukee Bucks

Sabendo da situação atual em que se encontram, o time de Milwaukee é o anfitrião do jogo 2 das finais da Conferêncoa Leste. Eles terão a chance de realizar ajustes, pois no primeiro confronto, Trae Young colocou 48 pontos em uma das melhores defesas da NBA. Khris Middleton, segundo melhor jogador do elenco, terá que melhorar hoje, após um desempenho questionável na última terça-feira. Ele fez apenas 15 pontos e só acertou 6 arremessos de 23 tentados. Isso levando em consideração que Jrue Holiday e Giannis Antetokounmpo fizeram mais de 30 pontos cada.

Contudo, o que mais preocupa é a tomada de decisão do técnico Mike Budenholzer. Precisando de uma cesta de 2 pontos para assumir a liderança, com menos de 30 segundos no relógio, o técnico fez uma chamada para uma bola de 3 com Pat Connaughton, que não é o arremessador principal da equipe e estava 0 de 3 do perímetro naquele momento. Então essas decisões vão ter que ser mais precisas, caso eles queiram sair com a vitória.

Atlanta Hawks

Após uma partida histórica para o principal jogador do time, Trae Young, que fez 48 pontos, os Hawks precisam se preparar taticamente para uma defesa mais agressiva por parte dos Bucks na segunda partida. John Collins, que teve uma atuação sólida, com 23 pontos, vai ser o foco físico do time, sendo muito importante no pick and roll, jogada que ele e Trae gostaram muito a temporada inteira.

O técnico Nate McMillan, que é um dos melhores dessa temporada, precisará encontrar outras maneiras de pontuar, além de Trae Young. A segunda unidade precisa ser mais efetiva, caso eles queiram abrir 2 a 0 nessa série e, quem sabe, conseguir uma vaga nas finais da NBA.

LEIA MAIS

Clippers vence Suns e diminui vantagem para 2 a 1

Trae faz partida histórica e os Hawks abrem 1 a 0