Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cantor Zé Neto é acusado de homofobia por vestir camisa do São Paulo e “imitar” gay

Sertanejo foi acusado por internautas nas redes sociais durante live

Rogério Araujo
Jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB. Colaborador do Torcedores desde 2017. Dono do canal Séries e Filmes no Instagram.

Crédito: Reprodução

O cantor Zé Neto, da dupla sertaneja com Cristiano, foi acusado de homofobia após “brincadeira” envolvendo o São Paulo feita durante uma live neste sábado (5).

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

O cantor, torcedor do Palmeiras, perdeu uma aposta para o amigo e teve que vestir a camisa do clube Tricolor. Foi quando começou a imitar gestos atribuídos a homossexuais.

“Coloquei essa camisa, já estou me sentindo bem. Nossa, estou super tranquilo. Tá vindo um ventinho gelado, não tá?”, afirmou o cantor.

A atitude do cantor em associar a torcida do São Paulo a uma orientação sexual não pegou bem nas redes sociais. O nome de Zé Neto logo ficou entre os assuntos mais citados no Twitter.

Confira a repercussão:

LEIA MAIS:

As melhores notícias de esportes, direto para você