Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

CBF oficializa parceria com empresa turca para criar token para torcedores da seleção brasileira

A seleção de futebol do Brasil também estará no mercado digital de criptomoedas em breve

Flavio Souza
Desde 2006 escrevo sobre esportes em geral e participo do site Torcedores.com desde dezembro de 2018, onde exerço função de Colaborador Sênior.Atualmente meu foco é no futebol brasileiro e internacional, mas procuro falar sobre outras modalidades, como esportes olímpicos, por exemplo.Meu foco é trazer informações relevantes sobre os clubes fora de campo, como entrevistas, análises financeiras, desempenho das equipes em redes sociais e análises táticas.

Crédito: Divulgação

O fã do futebol mais vitorioso do mundo terá o seu token de torcedor. Na última sexta-feira (25), a CBF anunciou parceria com a empresa turca de blockchain Bitci Technology. Foi firmado um contrato de três anos, onde será criada uma criptomoeda oficial da seleção brasileira. Os tokens serão, inicialmente, colocados à venda no Bitci.com.

O acordo inclui as seleções Brasileiras de futebol masculino e feminino, além das seleções Sub-20, Sub-17 e Sub-15. Nesse período de contrato, a Bitci Technology será a única parceira de negócios da blockchain do Brasil. Detalhes sobre as datas e valores de venda ainda serão definidos, em conjunto pela empresa e a CBF.

A empresa tem parcerias também com as seleções de futebol da Espanha e de basquete da Turquia. Além deles, destaque para as equipes  Glasgow Rangers,  Betis, McLaren Racing e Wolverhampton Wanderers.

Mais detalhes da parceria da CBF com a Bitci

“Com essa importante cooperação, estamos muito felizes em trazer nossa tecnologia para a América do Sul. De acordo com a pesquisa independente, temos o orgulho de ser o único parceiro de negócios na área de blockchain da seleção brasileira, que está entre as marcas mais assistidas do mundo. Esperamos que esta cooperação lhes traga muitos mais sucesso. Estamos ansiosos para trazer nossos projetos de tokens de fãs e NFT, que implementaremos no próximo período para os brasileiros”, disse Onur Altan Tan, CEO da Bitci Technology.

“Junto com a Bitci, temos a oportunidade de alavancar a interação com os fãs da Seleção Brasileira em todo o mundo. Iremos conectar a paixão pela seleção nacional mais popular do planeta com experiências, conteúdo e benefícios”, afirmou o presidente em exercício da CBF, Antônio Carlos Nunes.

‘’Esta parceria é um passo muito importante para continuar avançando na digitalização e internacionalização de nossa marca. A forma como o futebol é consumido está mudando e entrar no mercado de tokens de torcedor é uma etapa crucial. Após ter iniciado o contato com as principais plataformas, este é possivelmente o patrocínio mais importante dentro da tecnologia blockchain mundial”, declarou o diretor Comercial da CBF, Lorenzo Perales.

LEIA MAIS:

Dirigentes da CBF disparam contra Caboclo em carta a federações

BID da CBF é sujeito a fraudes, aponta investigação da Polícia Civil

Caboclo acusa Del Nero de ‘golpe’ na CBF em carta para federações