Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Espanha e Portugal fazem bom jogo, mas ficam no empate

Amistoso entre espanhóis e portugueses, disputado no Wanda Metropolitano, em Madrid, fez parte da preparação das equipes para a Eurocopa

Wagner Moreira
Formado em audiovisual, jornalista e analista de mídia

Crédito: Créditos: Divulgação / Seleção da Espanha

Duas das favoritas ao titulo da Eurocopa se enfrentaram nesta sexta-feira(04/06), com presença de torcida e boas escalações, a promessa era de grande jogo.

Pelo lado espanhol, o técnico Luis Enrique, mandou a campo um trio de ataque que contava com Ferran Torres, Sarabia e Morata, no meio, os experientes Busquets e Thiago Alcantara, outro destaque foi a estreia do zagueiro Laporte, o jogador que não recebia oportunidades na seleção francesa, decidiu começar sua trajetória como zagueiro espanhol.

ZAGUEIRO LAPORTE, DO CITY, PODE JOGAR EUROCOPA PELA ESPANHA

Em Portugal, Fernando Santos usou a base experiente da sua boa seleção, Rui Patrício, Pepe, CR7 e jogadores mais jovens, como Joao Félix e Diogo Jota. O meia do Manchester United, Bruno Fernandes, iniciou a partida no banco.

A torcida presente no estádio pode ver um bom primeiro tempo, porém, sem gols.

O domínio da posse, como é comum, ficou para a seleção espanhola, mais objetivos, os portugueses tiveram as melhores chances, com um gol de José Fonte anulado e uma chance perdida por Cristiano Ronaldo, em vacilo do goleiro espanhol Unai Simon.

Bom 2ºtempo e Espanha dominante

Para o 2º tempo, Portugal teve como novidade o jovem meia-atacante Pedro Gonçalves, também conhecido como “Pote”, um dos destaques do titulo do Sporting em Portugal.

A partida continuou movimentada, só que as chances surgiram com muito mais facilidade, se os primeiros minutos foram de gols perdidos pelo pouco efetivo ataque espanhol, a partir da entrada de Bruno Fernandes, as chances portuguesas também começaram a surgir.

A entrada de Pedri, Koke e Moreno, devolveu a posse de bola e as melhores chances para Espanha, apesar das alterações constantes, comuns em amistosos, os espanhóis mantiveram a organização.

Foram muitas bolas cruzando a pequena área, mas nem Morata e tão pouco Moreno conseguiam empurrar a bola para o gol.

Pelo alto, Ferrán Torres, exigiu milagre de Rui Patrício e em seguida, depois de lançamento feito por Gayà, Morata acertou o travessão.

Apesar de merecer gols, o amistoso terminou empatado, os espanhóis foram melhores durante quase todo tempo, organizados e com boas opções de quem veio do banco.

Já na seleção portuguesa, os melhores momentos foram construídos na base da individualidade.

Como recado para euro, fica o bom desempenho tático e técnico espanhol, contrastando com uma seleção de Portugal pouco inspirada, que precisa melhorar o jogo coletivo para o inicio da Eurocopa.

Vale lembrar que os portugueses estarão no grupo da morte com Alemanha, França e Hungria. A Espanha estará acompanhada de Eslováquia, Polônia e Suécia.

LEIA MAIS

MERCADO DA BOLA: BARCELONA E UNITED DISPUTAM GERARD MORENO

NEYMAR É UM DOS LÍDERES DO “MOTIM” CONTRA A COPA AMÉRICA, AO LADO DE MAIS CINCO ATLETAS QUE ATUAM NA EUROPA