Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ídolo do Benfica, Simão Sabrosa volta ao clube e assume cargo como dirigente

Simão Sabrosa atuou por seis temporadas pelo Benfica

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação/ Benfica

Antes de mais nada, Simão Sabrosa está de volta ao Benfica. O ex-jogador foi anunciado nesta quarta-feira como novo diretor de relações internacionais do clube. Após um período de estágio, o presidente Luís Filipe Vieira fechou a contratação do novo diretor.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

O ex-atacante português fez história no Benfica como jogador. Ele disputou 230 partidas oficiais com a camisa encarnada e fez 94 gols. Nesse ínterim, conquistou o Campeonato Português (2004/2005), a Taça de Portugal (2003/2004) e a Supertaça de Portugal (2005).

Simão estreitou ainda mais os laços com a torcida do Benfica. Afinal, rejeitou uma oferta do Sporting, clube que o revelou, após duas temporadas no Barcelona. Na época, foi contratado a pedido de Jesualdo Ferreira que o comandou na seleção portuguesa sub-21.

O ex-jogador recebeu muito carinhos dos fãs e se tornou uma referência de liderança para os encarnados. Mesmo após pendurar as chuteiras, Simão manteve uma boa relação com o Benfica, trabalhando em várias ações ligadas ao clube.

O novo dirigente chega com a missão de comandar uma reformulação na divulgação da marca do Benfica no exterior. O cargo ficou disponível desde a saída de Nuno Gomes, outro ídolo dos benfiquistas, em 2017.

A carreira de Simão Sabrosa

Ex-atacante, Simão Pedro Fonseca Sabrosa se destacava pela velocidade, habilidade, precisão nos passes e cruzamentos precisos atuando pelos lados do campo. Além disso, era sinônimo de liderança e muita raça em campo.

Ele começou a carreira de atleta profissional no Sporting onde atuou por três temporadas, marcando 12 gols em 62 jogos. Além de ter conquistado o Campeonato Português sub-21 em duas oportunidades (1992/1993 e 1993/1994).

Em 1999, o português foi contratado pelo Barcelona. Foi contratado, inclusive, com a aprovação de José Mourinho, então auxiliar do técnico Louis van Gaal. Na época, o camisa 20 formou o ataque catalão com o holandês Patrick Kluivert e do finlandês Jari Litmanen.

Posteriormente, Simão teve passagem vitoriosa pelo Benfica. Após deixar o clube português, ele atuou por Atlético de Madrid, Besktas e Espanyol. Em 2016, o atacante se despediu dos gramados vestindo a camisa do NorthEast United, da Índia.

As melhores notícias de esportes, direto para você

    

 

LEIA MAIS: 

Peglow no Porto? O que nós sabemos sobre o interesse do clube no atacante do Internacional 

Fluminense planeja renovação de contrato de Luccas Claro após sondagem do Oriente Médio; saiba mais! 

E se o Fluminense entrasse em campo só com jogadores da base? Nós escalamos. Veja o time!