Torcedores – Notícias Esportivas

Joachim Löw se despede da Alemanha com 70% de aproveitamento, recorde de jogos e 2 títulos

Técnico da seleção alemã desde 2006, Joachim Löw teve uma boa performance em seu longo trabalho

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: FUSSBALL Euro 2021 GRUPPE C Spiel 36 in Muenchen Deutschland - Ungarn 23.06.2021 Trainer Joachim Loew Deutschland nachdenklich nach dem Spiel *** FOOTBALL Euro 2021 GROUP C Match 36 in Munich Germany Hungary 23 06 2021 Coach Joachim Loew Germany pensive after the match

Enfim, acabou a era Joachim Löw no comando da Alemanha. O treinador fez sua última partida pela Mannschaft nesta terça-feira, na derrota por 2 a 0 diante da Inglaterra nas oitavas de final da Euro 2020.

+ Clique aqui e confira números de todos os técnicos da história da seleção alemã

Ele havia assumido a seleção alemã em 16 de agosto de 2006, sendo apenas o 10º treinador da equipe nacional em toda história. Ou seja, foram quase 15 anos de trabalho.

O comandante vinha sendo bastante contestado, principalmente depois da péssima campanha na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, mas se manteve no cargo até a Eurocopa deste ano. E preferiu deixar a equipe antes da Copa de 2022.

O próximo técnico será Hansi Flick, que era o auxiliar de Löw na Copa do Mundo de 2014 e que, recentemente, foi multicampeão pelo Bayern de Munique, com duas Bundesligas, uma Champions, uma Copa da Alemanha e um Mundial de Clubes.

Números de Löw

Apesar das críticas em cima de Löw, os números totais do treinador são considerados muito bons. E com dois títulos.

Foram 198 jogos – treinador recordista da Alemanha -, com 124 vitórias, 40 empates e 34 derrotas, o equivalente a um ótimo aproveitamento de 69,3%. Foram 467 gols marcados e 194 gols sofridos.

Joachim Löw levou a Alemanha ao tetracampeonato mundial na Copa do Mundo de 2014, além de também conquistar a Copa das Confederações de 2017.

Também foi vice-campeão na Euro de 2008, 3º colocado na Copa de 2010 e semifinalista nas Euros de 2012 e 2016.

Os últimos resultados, porém, minaram a sua condição de intocável. A Mannschaft não passou da primeira fase na Copa de 2018, chegou a ser rebaixada na Liga das Nações também em 2018 e acumulou derrotas vexatórias, como 6×0 diante da Espanha e um revés contra a Macedônia do Norte.

E MAIS

Mbappé fala do convite recebido para jogar no Bayern de Munique: “Nunca se sabe”

Escândalo! Destaque do futebol alemão vem jogando com nome e idade falsos

Jogador do Bayern sofre grave lesão na clavícula após queda de bicicleta