Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Podendo ser demitido, Tite conversa com 4 jogadores em treino e esboça mudanças em escalação

Técnico pode ser demitido da seleção brasileira após o jogo de terça-feira, a pedido de Bolsonaro. Tite, porém, espera deixar comando com mais uma vitória

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite pode estar se preparando para o último jogo no comando da seleção brasileira. Neste domingo (6), após notícias sobre Bolsonaro ter pedido a demissão do treinador e a CBF ter prometido a decisão, o comandante trabalhou normalmente com elenco no treino durante a tarde.


VEJA TAMBÉM:

+ Em meio à crise na CBF, Rogério Caboclo é afastado da presidência após acusação de assédio

+ Planalto não descarta troca de técnico e nova convocação da Seleção para Copa América


Os titulares na vitória sobre o Equador na última sexta-feira voltaram ao treino com o restante do elenco, no CT Parque do Gigante, do Internacional. Os jogadores ficaram de fora do último trabalho, no sábado, fazendo apenas um trabalho regenerativo no hotel.

Durante o treino, Tite separou quatro jogadores para conversar separadamente: o volante Fred, o meia Lucas Paquetá e os atacantes Gabigol e Roberto Firmino, em sequência.

Para a partida contra o Paraguai, pela sexta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo, Tite deve escalar a seleção brasileira da seguinte forma:

Alisson, Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Douglas Luiz (Fred) e Lucas Paquetá (Everton Ribeiro); Richarlison, Neymar e Roberto Firmino (Gabigol).