Rival do Brasil na estreia, Alemanha corta seu 3º jogador das Olimpíadas de Tóquio 2020

Ismail Jakobs foi o terceiro jogador da lista inicial cortado da seleção alemã que vai disputar os Jogos Olímpicos

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: DFB

E seguem as baixas na seleção alemã que vai disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Dessa vez, o meio-campista Ismail Jakobs foi retirado da lista de convocados e desfalca a Mannschaft na competição.

O motivo do corte é a sua transferência do Colônia para o Monaco, da França, concretizada no último final de semana. O atleta iniciará a pré-temporada com o clube francês e desfalca a Alemanha.

Olimpíadas: Rival do Brasil na estreia, Alemanha perde dois jogadores importantes

Nenhum atleta será convocado para sua vaga. Portanto, a Mannschaft agora tem 18 jogadores para disputa das Olimpíadas.

Outros cortados da lista inicial

Antes de Jakobs, a seleção alemã já havia perdido o zagueiro Josha Vagnoman e o meio-campista Niklas Dorsch, ambos também desconvocados pelo técnico Stefan Kuntz.

Vagnoman, do Hamburgo, sofreu uma lesão, enquanto Dorsch acertou sua transferência ao Augsburg – ele estava no Gent, da Bélgica – e por isso não poderá ir ao Japão.

Para os lugares de Vagnoman e Dorsch foram chamados Keven Schlotterbeck, defensor do Freiburg, e Ragnar Ache, atacante do Eintracht Frankfurt.

A delegação com 18 jogadores viaja ao Japão na próxima terça-feira, dia 13.

A estreia da Alemanha nos Jogos Olímpicos será no dia 22 de julho, contra o Brasil. Depois encara a Arábia Saudita, dia 25, e Costa do Marfim, dia 28, fechando a fase de grupos.