Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Benfica: Em meio á crise, filho de Rui costa é ameaçado de morte

Com presidente preso, Benfica vive ebulição política

Alexander Rodrigues
Redator no @AlemanhaFC, @Torcedorescom, ADM da página @futebolcomamor e torcedor do Feyenoord.

Crédito: Divulgação Twitter oficial - @SLBenfica

O Benfica vive uma crise sem precedentes com o seu presidente preso, suspeito de corrupção. No meio disso tudo, Rui Costa, ex-jogador do clube, que também atuou no Milan e na seleção portuguesa, assumiu a presidência do clube lisboeta. A situação está tão tensa que Filipe Costa, seu filho mais velho, teve que cancelar todas as suas redes sociais devido às ameaças de morte que vem sofrendo. A matéria foi produzida pelo jornal A Bola.

Veja mais: Mercado da bola: Borussia Dortmund se acerta com substituto de Sancho

Em seu Instagram, o filho de Rui Costa se despediu lamentando toda a situação que sua família está passando.

“Infelizmente, vivemos em uma sociedade onde o ódio se apodera das pessoas. Devido a tudo o que está acontecendo, tomei a decisão de desativar as minhas contas do Instagram e LinkedIn devido às ameaças de morte e críticas que tenho recebido. A todos vocês deste lado espero que não passem por isso um dia! Um abraço e um beijinho, Pipo Costa”.

O Benfica vive uma crise desde que seu presidente foi preso. Luis Filipe Vieira estaria envolvido em um esquema de corrupção junto ao empresário José Antonio dos Santos, o maior acionista privado do Benfica, com 16,33% das ações do clube encarnado. Conhecido como “Rei dos Frangos” em Portugal, o milionário é amigo pessoal do presidente do Benfica e teria sido beneficiado na venda de parte de suas ações ao próprio clube.

Já Rui Costa, foi acusado por Francisco Benitez, líder do movimento Servir Benfica, de fazer negócios, através do filho Filipe Costa, com o Benfica, o que configuraria violação dos estatutos. Rui Costa esclareceu ao Conselho Fiscal do Benfica que a atividade do filho na intermediação de jogadores aconteceu antes de assumir o cargo de vice-presidente e acusou de má-fé e falta de rigor os sócios que assinaram o documento. O grupo de associados não ficou satisfeito com as explicações e voltou a questioná-lo no Conselho Fiscal.

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber tudo sobre o futebol no Brasil e em todo o mundo!

Leia mais:

Marcelo assume a braçadeira de capitão do Real Madrid com a saída de Sérgio Ramos: “É um orgulho, primeiro, mas é uma responsabilidade muito grande”

Mercado da bola: Manchester City mira zagueiro do Fulham

Mercado da bola: Paris Saint Germain fecha com joia de 17 anos do Guingamp

 Paris Saint Germain: Provável escalação do time titular para próxima temporada é de botar medo; confira