Interino do Botafogo revela ‘incômodo’ do elenco com má fase na Série B

Ricardo Resende treinou o Fogão na derrota de virada para o Brusque no sábado (17) pela Série B

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial do Botafogo

O Botafogo não conseguiu a vitória no Campeonato Brasileiro da Série B após a saída de Marcelo Chamusca. Na noite do último sábado, o Glorioso chegou ao quarto jogo sem vencer, ao tomar a virada do Brusque por 2 a 1 fora de casa. Mais um tropeço que gerou indignação dentro do elenco botafoguense.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Foi este o sentimento transparecido por Ricardo Resende, que comandou o Bota de forma interina enquanto o time não anuncia seu novo técnico. Na conversa com a imprensa, o técnico declarou que o elenco está ‘inteiramente indignado’ com a série negativa, que vem afastando o time da briga pelo G-4. Um sentimento que espera que seja encerrado já na próxima rodada.

“Eu percebi um grupo inteiramente indignado com esta situação, querendo melhorar e sair rapidamente. E que a gente possa, já no próximo jogo, contra o Goiás. conseguir uma vitória porque este grupo tem potencial e a gente tem as condições de buscar o crescimento na competição”, declarou Resende.

“Temos que aproveitar melhor as oportunidades que conseguirmos. Tivemos a chance de sair de campo hoje com a vitória, que foi o que a gente planejou. Mas agora temos que recuperar os atletas e fazer um grande jogo contra o Goiás para que a gente possa voltar a vencer”, completou o interino do Fogão.

Com a missão de enfrentar um dos times que brigam pelo G-4, o Botafogo quer mirar em uma função para poder voltar a vencer e sonhar novamente em brigar pelos primeiros postos da tabela de classificação: conseguir melhorar as chances de gol e finalização.

“Temos que ser mais efetivos nas oportunidades. Já iremos fortes para a partida contra o Goiás, é recuperar bem os atletas e tenho certeza de que faremos um grande jogo em casa. Porque tenho toda a certeza de que é o que o nosso torcedor espera”, analisou.

LEIA MAIS

Bastidores: Pressão por saída de diretor aumenta no Botafogo; conselheiros querem ídolo alvinegro como gerente de futebol