Coritiba: Suspenso, Rafinha não pega o Sampaio Corrêa

Jogador tomou terceiro cartão e desfalca o Coritiba

Alexander Rodrigues
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação Twitter oficial - @Coritiba

O Coritiba perdeu o meia -atacante Rafinha para o jogo da próxima sexta-feira (16) contra o Sampaio Corrêa em São Luís do Maranhão. O atleta recebeu o terceiro cartão amarelo por uma falta que fez já  no segundo tempo da partida contra o Vasco.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Vindo do banco após Gustavo Bochecha sentir a parte posterior da coxa, Rafinha atuou pelo lado do campo e foi bem, já que saiu dos pés dele a assistência para o gol de Léo Gamalho, que sacramentou o empate em 1×1 com a equipe carioca.

Natanael, Igor, Wellington Carvalho, Matheus Sales e Val estão pendurados com dois cartões amarelos; a boa notícia é que o treinador Gustavo Morínigo terá o retorno do atacante Waguininho. O jogador cumpriu suspensão contra o Vasco e volta a ficar à disposição do Coxa.

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber tudo sobre o futebol no Brasil e em todo o mundo!

Os cinco próximos jogos do Coritiba

Sampaio Corrêa x Coritiba: 16/07, sexta-feira, às 21h30 – Estádio Castelão – MA (Brasileirão Série B)

Coritiba x CRB: 22/07, quinta-feira, às 19h00 – Estádio Couto Pereira – PR (Brasileirão Série B)

Operário x Coritiba: 25/07, domingo, às 18h15 – Estádio Germano Krüger – PR ( Brasileirão Série B)

Coritiba x Náutico: 30/07, sexta-feira, às 20h00 – Estádio Couto Pereira – PR (Brasileirão Série B)

Coritiba x Goiás: 6/08, sexta-feira, às 20h00 – Estádio Couto Pereira – PR (Brasileirão Série B)

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber tudo sobre o futebol no Brasil e em todo o mundo!

Leia mais:

Diretoria banca Morínigo, mas exige acesso para mantê-lo

Brasileirão Série B: Jogo entre Coritiba e Vasco terá duelo entre irmãos Castán

Mercado da bola: Borussia Dortmund se acerta com substituto de Sancho

Marcelo assume a braçadeira de capitão do Real Madrid com a saída de Sérgio Ramos: “É um orgulho, primeiro, mas é uma responsabilidade muito grande”