Descubra como a estatística pode ajudar nos esportes

Entenda como o uso da estatística revolucionou os esportes e mudou os resultados de diversas modalidades

Redacao Torcedores
Colaborador do Torcedores

Crédito: O filme Moneyball mostra como a estatística pode mudar o jogo (Crédito: Reprodução/Moneyball)

O Oakland Atlhetics se viu obrigado a reconstruir o seu elenco com um orçamento muito abaixo das principais equipes da temporada de 2002 da Major League Baseball (MLB). A equipe de baseball da Califórnia perdeu três de suas principais peças na pré-temporada e precisou se reinventar ao longo do ano.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Para isso, o dirigente Billy Beane, gerente geral da franquia, precisou encontrar uma alternativa para montar um time competitivo que não extrapolasse os limites financeiros dos cofres da equipe.

Com uma folha de pagamento de cerca de 40 milhões de dólares, a 3ª menor entre os 30 times da MLB naquela temporada, o Oakland A’s reestruturou o time com base em uma nova forma de análise estatística de performance dos jogadores disponíveis.

Assim, o dirigente encontrou barganhas no mercado para montar uma equipe que entrou para a história do baseball com uma das maiores séries invictas da MLB.

Depois de começar a temporada de 2002 com 25 vitórias e 27 derrotas nos dois primeiros meses, o time se ajeitou e começou a reverter os números da tabela. Durante o mês de agosto e início de setembro, o Athletics fez uma sequência de 20 vitórias e entrou para a história da liga, mesmo não sendo campeão daquele ano.

A temporada foi tão revolucionária que virou livro e, em 2011, virou o filme “Moneyball: O homem que mudo o jogo”, que estrela Brad Pitt no papel de Beane.

Tá, mas o Athletics teve sorte ao longo da temporada?

Na verdade, não! Beane encontrou indicadores além dos tradicionais do esporte, que mediam número de rebatidas e velocidade do jogador, mas deixavam de lado o número de corridas até a primeira base de cada rebatedor, por exemplo. Com os dados, os analistas da equipe calcularam a probabilidade de os jogadores darem certo no elenco.

Assim, com um estudo de estatística, o dirigente montou um grupo vencedor com mais de 100 vitórias na temporada sem gastar grandes fortunas. Mesmo sem o troféu, aquela temporada é uma das mais importantes da história do time de Oakland, que já ganhou nove vezes a World Series e é uma das franquias mais vencedoras da MLB.

Para se ter uma ideia do feito de Oakland, o Los Angeles Angels, campeão daquele ano, tinha um orçamento que se aproximava de 100 milhões de dólares para salários de jogadores. Depois daquela temporada, as principais equipes da MLB correram para contratar analistas de dados para aproveitarem as estatísticas no jogo.

O esporte e a estatística

A história do Oakland Athletics marca uma revolução em como os esportes passaram a levar dados e estatística a sério para colher resultados esportivos nos campos, quadras, pistas de corrida e piscinas.

Hoje, qualquer modalidade precisa de um analista que entenda dos dados que vão muito além dos números e das tabelas. A análise estatística não é checar a classificação do seu time na tabela nos últimos torneios, mas sim entender quais são as condições que estão por trás do desempenho para que aqueles resultados sejam alcançados.

No futebol, as equipes contam com profissionais que trabalham verificando a performance do esporte. Os analistas de desempenho exercem funções muito importantes para os resultados dos times e são funcionários cada vez mais valorizados pelos dirigentes.

Esses profissionais podem ficar de olho no mercado da bola, prospectando negociações com jogadores com muito potencial para a equipe, analisar como os garotos das categorias de base vêm evoluindo antes de serem escalados na equipe profissional, calcular riscos de lesões jogadores, em que posição eles rendem mais e, ainda, analisar as equipes adversárias para otimizar escalações para as partidas.

Hoje em dia, os principais canais esportivos também contam com analistas que trabalham com dados para comentar sobre as partidas, torneios e desempenhos dos jogadores. Os scouts, como são conhecidos os dados de desempenho no futebol, são fundamentais para as análises e até para o entretenimento, já que os jogos de “fantasy”, como o Cartola FC, usam os dados reais para calcular as pontuações.

As ferramentas disponíveis para análises de desempenho esportivo são tão modernas e trazem tantos detalhes hoje em dia que praticamente qualquer modalidade pode se aproveitar desses estudos e tecnologias.

Na Fórmula 1, as equipes recebem análises em tempo real nos boxes de acordo com o desempenho do piloto na corrida. Assim, podem ajustar estratégias para melhorar o rendimento e obter melhores resultados. Na natação, a mesma coisa, e os técnicos calculam até o número de braçadas por minuto dos nadadores e como esse indicador reflete no desempenho.

Para o tênis, o basquete, o futebol americano e até para as lutas, as estatísticas já fazem parte do esporte de alto rendimento. O bom uso desses dados em análises hoje está diretamente ligado a resultados melhores e conquistas de atletas e equipes em qualquer modalidade esportiva.