Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Desemprego custa a Lionel Messi cerca de R$ 1,2 milhão por dia

Lionel Messi está sem contrato pela primeira vez na sua carreira e, assim, deixando de rechear seu bolso

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: LFP / Divulgação

O atacante Lionel Messi segue desempregado. Como seu contrato com o Barcelona acabou no último dia 30 de junho, o argentino está livre no mercado e sem ganhar salário, já que não tem vínculo com algum clube.

Diante disso, o jornal francês “L’Equipe” fez as contas de quanto Messi está deixando de ganhar sem emprego – aliás, é a primeira vez na carreira que o craque está sem contrato.

Messi ganhava 138,9 milhões de euros brutos por temporada no Barcelona. Com dedução de impostos e outras prestações sociais, esse valor líquido era de 74,9 milhões de euros por ano.

Assim, numa conta rápida, Messi estaria deixando de ganhar 208 mil euros por dia. Na cotação atual, R$ 1,2 milhão por dia.

O futuro de Lionel Messi ainda é uma incógnita, mas a tendência é que o astro argentino de 34 anos de idade renove com o Barcelona e siga na Espanha. Porém, ele teria um reajuste salarial.

Seu nome também já foi associado ao PSG, da França, Manchester City, da Inglaterra, e futebol dos Estados Unidos.

E MAIS

Áudio vazado ao vivo na TV Globo mostra Galvão Bueno pistola: “Estou indo embora”

Antony é procurado pelo Bayern de Munique e pode render alguns milhões ao São Paulo

Ribéry pode voltar ao futebol alemão, mas não para atuar no Bayern de Munique