Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

De saída do Palmeiras, Felipe Melo é elogiado por rival: “Seria um grande reforço e bem-vindo”

Jogador não deve ficar para a próxima temporada no Palmeiras. Porém, clubes da Série A do Campeonato Brasileirão estão de olho

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Cesar Greco/Palmeiras

O volante e zagueiro Felipe Melo vem sendo uma das sensações do mercado da bola após o Palmeiras admitir que não renovará o contrato do atleta. Neste domingo (12), o ex-atacante Serginho Chulapa elogiou o jogador alviverde. Atualmente ele é auxiliar-técnico do Santos.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

Leia mais:

Felipe Melo no Corinthians, Roger Guedes e mais: veja os últimos rumores do Palmeiras

Libertadores, Sul-Americana e Brasileirão: 23 jogos que você não pode perder na semana


“Baita jogador. Coloca qualquer um no bolso. Gostaria de ver esse cara no Santos. Se não ficar no Palmeiras, tem mercado em qualquer lugar”, afirmou o ex-atacante durante o programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

“Volante experiente, se coloca como ninguém dentro de campo, liderança espetacular. Se caísse no Santos, ia ser um grande reforço e bem-vindo. Presidente foi infeliz de antecipar isso”, completou o auxiliar do Santos.

Felipe Melo tem contrato com o Palmeiras até o fim desta temporada. Com mandato se encerrando, o presidente Maurício Galiotte já afirmou que não renovará o vínculo do atleta e deixará decisão para a própria gestão, que será decidida antes da saída do volante.

“Foi uma decisão dura, o Felipe Melo ganhou títulos, tem o respeito do clube e do torcedor, mas alguns ciclos precisam ser encerrados, e agora temos um ciclo de garotos vindo por aí. Nós conversamos com toda a diretoria e comissão e tomamos essa decisão”, afirmou o presidente do Palmeiras.

O comunicado foi feito pelo Anderson, mas em consenso com todos: presidente, vice e comissão. Eu fico até o dia 5 de dezembro e não vou renovar o vínculo com ele. O Felipe tem contrato até o dia 31 de dezembro. Se o próximo presidente tomar outra decisão, já não cabe mais a mim”, disse Galiotte ao UOL Esporte.