Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fernanda Borges fica em décimo na sua bateria no lançamento de disco

Brasileira, que competiu nas Olimpíadas após doping, teve dois lançamentos invalidados e conseguiu acertar só uma jogada, com 57.90 metros

Marjoriê Cristine
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/CBat

A brasileira Fernanda Borges não foi bem na prova do lançamento de disco nas Olimpíadas. A atleta, que foi pega em um exame antidoping e reverteu a suspensão, fez parte do Grupo A nas eliminatórias. Após três tentativas, duas delas invalidadas, Fernanda conseguiu a marca de 57.90 metros no segundo lançamento. Mas foi insuficiente para ela ficar bem colocada, terminando apenas na décima posição.

A bateria teve a croata Sndra Perkovic em primeiro, com 63.75 metros, seguida da alemã Kristin Pudenz, com 63.73 metros. A jamaicana Shadae Lawrence fez o terceiro melhor lançamento, com 62.27 metros. Apenas as 12 melhores atletas se classificam à final.

Ainda restam mais 16 atletas do grupo B no lançamento disco. Com isso, ficou mais difícil para Fernanda Martins conseguir uma vaga na decisão por medalha nos Jogos Olímpicos.

Outras brasileiras na categoria

O Brasil ainda tem mais duas representantes na mesma categoria: Izabela da Silva e Andressa Morais. Ambas as atletas estão no Grupo B. No Sul-Americano do Atletismo, no Equador, em maio, Izabela atingiu a marca de 62,18m. Foi a sua melhor distância da carreira. Já a paraibana Andressa é filha de Djanete Oliveira de Morais, ex-atleta também do lançamento de disco e arremesso de peso.

Leia Mais:

+Olimpíadas: Agenda do dia 30/31 de julho; com estreias, fases eliminatórias e busca de medalhas

+Confira a programação de TV das Olimpíadas deste sábado (31/07)