Flamengo assina com filho de ex-meia; multa prevista é astronômica

Flamengo valoriza os principais destaques de suas categorias de base

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Divulgação

O Flamengo assinou nesta terça-feira (20) o primeiro contrato profissional com o meio-campista Pedrinho, filho do ex-meia Beto, jogador rubro-negro nas décadas de 1990 e 2000.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O garoto de 18 anos assinou contrato profissional válido até dezembro de 2023 – recentemente o Pedrinho já havia renovado seu vínculo, mas com um contrato de formação que tinha validade até março de 2023.

A multa rescisória prevista no novo vínculo é de 50 milhões de euros (cerca de 307 milhões de reais, na cotação atual).

LEIA TAMBÉM: Mercado da bola: Flamengo abre o jogo sobre possibilidade da contratação de Dedé

“Feliz por mais uma conquista na minha carreira. Hoje assinei meu primeiro contrato profissional no clube que me formou, só tenho a agradecer a Deus e a minha família que está comigo em todos os momentos e agradecer a Lifepro (empresários) por todo apoio!” escreveu o jovem meia nas redes sociais.

Novo meia contratado pelo Flamengo

O meio-campista Antonio Carlos, de 17 anos (vai completar 18 anos em julho), que na última temporada defendeu o Ceará, mas é formado na base do América-RJ, assinou contrato de formação com o Rubro-Negro. Segundo apurou o Torcedores.como vínculo tem duração até julho de 2023.

Outro que renovou contrato nos últimos dias foi o zagueiro Kayque Soares, de 18 anos, um dos sobreviventes da Tragédia do Ninho do Urubu.

O garoto renovou seu vínculo até janeiro de 2023 com o Fla.

LEIA MAIS: