Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado da bola: Grêmio sonda Calleri e sonha com volante da Itália; Ex-Corinthians vira “plano B”

Romildo Bolzan deve falar em entrevista coletiva sobre reforços no mercado da bola. Grêmio espera se recuperar no Brasileirão

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O Grêmio está disposto a reforçar ainda mais o elenco para a temporada, tentando fugir da zona de rebaixamento da classificação do Campeonato Brasileiro. Após anunciar Rafinha e Douglas Costa, o Tricolor Gaúcho deve seguir reforçando a equipe de Felipão.


Leia mais:

+ VAR no Brasileirão: Veja os times mais “prejudicados” e “favorecidos” até a 13ª rodada

+ Benja surpreende e diz que apenas um time é capaz de parar o Flamengo de Renato Gaúcho


De acordo com o repórter Vagner Martins, do Canal do Vaguinha, o Grêmio sonha com a contratação do volante Hernâni, que passou pelo Athletico Paranaense e não está bem no Parma, da Itália. Em má fase do jogador, o time italiano aceita liberar o brasileiro.

O jogador foi pretendido pelo Genoa, também da Itália, mas a negociação não avançou. O Galatasaray, da Turquia, também está disposto a contar com atleta e entrou na negociação atrás de Hernani. Acordo com Grêmio segue vivo.

Porém, caso não consiga contratar o ex-volante do Athletico Paranaense, o Grêmio já escolheu o plano B: Junior Urso, ex-jogador de Atlético Mineiro e Corinthians que está no Orlando City, da Major League Soccer, desde 2019.

Grêmio sondou alvo do São Paulo

Semifinalista da Libertadores de 2016 e considerado um jogador querido pela torcida do São Paulo, o atacante argentino Jonathan Calleri foi sondado pela diretoria do Grêmio, de acordo com o jornalista Vagner Martins.

Entretanto, os valores da negociações não encaixam no orçamento do Grêmio, que vê um acordo “fora da realidade” e segue em busca atrás de mais um atacante para o elenco comandado por Luis Felipe Scolari.