Mercado da bola: 6 jogadores do Grêmio que podem chegar no Flamengo a pedido de Renato Gaúcho

Flamengo faz buscas no mercado da bola para reforçar a equipe do novo treinador

Rogério Araujo
Jornalista.

Crédito: Alexandre Vidal/Flamengo

Após saída do Grêmio em abril deste ano, o técnico Renato Gaúcho foi contratado pelo Flamengo para a vaga deixada pelo ex-goleiro Rogério Ceni, e o clube busca no mercado nomes para reforçar o time.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Alguns jogadores do antigo clube de Renato Gaúcho podem ser pedido pelo treinador rubro-negro por causa da confiança criada durante anos de trabalho no Tricolor.

Pelo menos seis jogadores poderiam reforçar o Flamengo de Renato Gaúcho nessa ou na próxima temporada. Entre eles o zagueiro Pedro Geromel, que já foi apontado como alvo do time após a chegada do novo técnico. O também zagueiro Kannemann, que foi especulado em vários clubes da Europa nos últimos anos, é um outro possível nome.

Além deles, Alisson, Matheus Henrique, Ruan, e Rafinha são outros jogadores que poderiam sim reforçar o clube carioca se houver podidos do técnico.

Vale destacar que Rafinha chegou ao Grêmio nesta temporada a pedido do treinador. O jogador fez história no Flamengo em 2019 e tentou voltar ao clube antes de acertar com o Tricolor gaúcho. Rafinha está livre para assinar um pré-contrato com outra equipe, já que seu vínculo com o Grêmio se encerra no fim de dezembro e não existe uma possibilidade de renovação no momento.

Felipão, novo técnico do Tricolor, não confirmou ainda a titularidade da lateral direita.

“Eu não tenho titular, tenho jogos que programo algumas situações e vou vendo o que pode acontecer para ver se posso fazer ou não. Já tenho troca programada para o jogo contra o Vitória (pela Copa do Brasil), eu tenho que estar a par da situação dos atletas. O Vanderson, ele não é titular, nem o Rafinha. Posso botar três zagueiros, que eu treino na parte tática, vou tentando colocar na cabeça dos jogadores e vai indo devagar”, disse Felipão após o jogo da rodada do fim de semana passado.

LEIA MAIS: