Libertadores: Internacional “se safa” da derrota e empata sem gols com o Olimpia no Paraguai

Equipe paraguaia perdeu gol incrível no segundo tempo; empate com gols no Beira-Rio a classifica para as quartas

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Ricardo Duarte/Flickr SC Internacional

A decisão ficou mesmo para a semana que vem. Nesta quinta-feira (15), Internacional e Olimpia empataram sem gols em uma partida de poucas emoções, válida pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

A melhor maneira de resumir a partida ficou para o prêmio de Melhor Jogador para o goleiro Daniel, do Colorado. Quando o camisa 42 não conseguiu defender a meta, contou com a sorte: aos 26 minutos do segundo tempo, o lateral Salazar perdeu um gol feito em contra-ataque fulminante.

O confronto, então, será decidido na semana que vem, novamente na quinta-feira (22), as 21:30. Somente uma vitória classifica o Internacional de maneira direta. Um empate sem gols leva o confronto aos pênaltis, enquanto um empate com gols e qualquer derrota classificam o Olimpia.

Antes, no domingo (18), o Colorado recebe o Juventude, as 20h, no Beira-Rio, em partida válida pela 12ª rodada do Brasileirão. O Decano, por sua vez, encara o River Plate de Assunción pelo Campeonato Paraguaio, também no domingo, só que as 18:15.

Contra o Olimpia, Internacional chegou ao 3º jogo sem marcar

O empate sem gols deixou mais tensa a partida de volta na quinta-feira que vem (22), no Beiro-Rio. Mais do que isso, põe em evidência do ataque colorado. Sem balançar as redes no Paraguai, o Inter chegou ao seu terceiro jogo consecutivo sem marcar gols.

As duas partidas anteriores foram o empate no Gre-Nal e a derrota para o São Paulo no Rio Grande do Sul, pelas 11ª e 10ª rodadas do Brasileirão, respectivamente. Pior ainda é a sequência sem vitórias, que chegou ao sexto jogo nesta quinta (15).

Ficha do jogo Olimpia x Internacional

Olimpia (4-4-2): Aguilar; Salazar (Cáceres), Salcedo, Alcaraz e Iván Torres; Alejandro Silva (Ramón Sosa), Braian Ojeda (Santacruz), Orzusa e Derlis González; Isidro Pitta (Camacho) e Recalde (Roque Santa Cruz). Técnico: Sergio Ortemán

Internacional (4-1-4-1): Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado; Caio Vidal (Palacios), Edenilson (Vinicus Mello), Boschilia (Johnny) e Patrick; Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre

LEIA MAIS

Com vitória, Santos quebrou tabu de 27 anos contra o Independiente

Linda ação! Dirigente pede, e Edenílson faz doação a ex-clube

Brasileirão: Edenílson segue sem perder pênaltis pelo Internacional