Olimpíadas 2020: Jogos ainda podem ser cancelados de última hora por surto de Covid-19

Chefe do comitê organizador, Toshiro Muto, não descartou a possibilidade mesmo a três dias da cerimônia de abertura do evento

Matheus Leal
Setorista e editor-assistente do Torcedores.com

Crédito: Atsushi Tomura/Getty Images)

A realização das Olimpíadas de Tóquio 2020 ainda não é totalmente garantida. Em coletiva nesta terça-feira, o chefe do Comitê Organizador dos Jogos, Toshiro Muto, não descartou o cancelamento de última hora do evento por conta de um possível surto de Covid-19 entre os atletas. A cerimônia de abertura está marcada para sexta-feira (23).

“Não podemos prever o que acontecerá com o número de casos de coronavírus. Por isso, continuaremos as discussões se houver um aumento de casos”, disse Muto.

“Concordamos que, com base na situação do coronavírus, convocaremos as negociações de cinco partes novamente. Neste ponto, os casos de coronavírus podem aumentar ou diminuir, então vamos pensar sobre o que devemos fazer quando a situação surgir”, completou.

Olimpíadas: Quantas medalhas o Brasil já faturou com a ginástica artística?

Durante a coletiva, Seiko Hashimoto, presidente do Comitê, atualizou os números e informou que há cerca de 80 casos positivos em pessoas credenciadas. Desses, apenas 31 são de estrangeiros que chegaram no Japão nos últimos dias para as Olimpíadas.

“Cerca de 20 mil pessoas chegaram ao Japão. Das pessoas que chegaram, temos 31 casos positivos, e as pessoas estão isoladas. No total, temos cerca de 80 casos positivos. Vamos continuar com a testagem sistemática”, disse Hashimoto.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes