Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

“Queria que minha avó estivesse viva pra ver isso”, diz o campeão olímpico Ítalo Ferreira

Ítalo Ferreira conquistou a medalha de ouro no surfe do Jogos Olímpicos e, chorando bastante, concedeu uma entrevista emocionante

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: TV Globo / Reprodução

A primeira medalha de ouro do Brasil em Tóquio 2020 veio do surfe. Ítalo Ferreira superou o japonês Kanoa Igarashi e subiu no lugar mais alto do pódio na estreia da modalidade em Olimpíadas.

Ainda no mar, Ítalo chorou e celebrou bastante a conquista, apontando para o céu.

Em entrevista concedida ao vivo à TV Globo logo após a decisão, o surfista brasileiro seguiu emocionado e falou sobre a sua história.

“Eu só queria que minha avó estivesse viva pra ver isso. Ver o que me tornei. Ver o que consegui fazer pelos meus pais”, disse Ítalo Ferreira, aos prantos.

A emoção do atleta fez o repórter Guilherme Pereira também chorar.

“Eu vim com uma frase para o Japão: diz amém que o ouro vem. Eu acreditei até o final e treinei muito nos últimos meses. Só tenho que agradecer a Deus. Estava sem pressão, fazendo o que eu amo”, completou o brasileiro.

Ítalo Ferreira conquistou a medalha de ouro, mas Gabriel Medina perdeu a disputa pelo bronze. No surfe feminino, o Brasil encerrou sua participação sem pódio.

E MAIS

“Hiroshima e Nagasaki”: Internautas brasileiros passam dos limites no Twitter após derrota de Medina

Leticia Bufoni explica treta com Kelvin Hoefler e revela que medalhista bloqueou a confederação

Hortência chora ao vivo na TV com a participação do filho nas Olimpíadas de Tóquio 2020