Renato Augusto se pronuncia sobre rescisão com chineses e volta ao Brasil

Meia brasileiro tem acerto verbal com o Corinthians, mas Beijing Guoan faz jogo duro por rescisão contratual amigável

Matheus Leal
Setorista e editor-assistente do Torcedores.com

Crédito: Foto: Reprodução

A novela Renato Augusto no Corinthians parece não ter data para um capítulo final. Em contato com o jornalista Jorge Nicola, o meia brasileiro se pronunciou sobre o estágio da sua rescisão contratual com o Beijing Guoan, da China.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

De acordo com Renato Augusto, apesar da expectativa de todas as partes, o acerto da rescisão ainda não tem data para acontecer. O Beijing tem o interesse de renovar o vínculo por dois anos, porém o atleta deixou claro que não quer continuar atuando na China. Sendo assim, seu retorno ao Brasil deve realmente acontecer quando ficar livre do contrato.

Lucas Pratto rescinde com o River Plate e recebe proposta de time da Série A do Brasileirão

O Corinthians, que surpreendeu e anunciou Giuliano na última semana, já tem um acordo verbal com Renato e se mantém otimista pela liberação do Beijing. Por conta do fechamento das fronteiras, o brasileiro não pôde retornar à China e não atua desde o fim de 2020.  A expectativa é que haja uma reabertura das fronteiras em setembro, mas sem garantias que isso de fato acontecerá.

Com contrato até o fim de 2021 e sem receber há cinco meses, a situação do meia chamou atenção de clubes brasileiros. Além do Timão, o Flamengo também sondou uma possível contratação, porém o vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, Marcos Braz, afirmou que apesar de ídolo, as conversas não avançaram, deixando o caminho livre para o final feliz com o Corinthians.

“O Renato Augusto é um ídolo no clube. O Flamengo analisa vários jogadores e não teve um encaminhamento maior, mas é um ídolo”, disse Braz.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes