Ronaldo Giovanelli faz alerta para os jogos de volta dos brasileiros na Copa Libertadores

Equipes do Brasil, até agora, estão indo bem na competição 

Beatriz Paparazo
Jornalista formada pela Anhembi Morumbi em 2018 e Editora no Torcedores.com desde maio de 2019 Contato: beatriz.araujo@navve.com

Crédito: Reprodução / YouTube Jogo Aberto

Entre os representantes do Brasil na Copa Libertadores, falta só o Internacional entrar em campo. O Colorado joga hoje, 15, às 21h30 (horário de Brasília), contra o Olimpia, fora de casa. Durante o programa Jogo Aberto, da Band, o ex-goleiro Ronaldo Giovanelli  deixou a opinião sobre os confrontos que já aconteceram.

“Ó, eu tô preocupado com esses jogos dos brasileiros na volta na semana que vem, tô preocupado. Vou falar pra vocês aqui agora, eu tenho um medo dessa arbitragem,  vocês viram o que eles fizeram lá, os brasileiros essa semana sorrindo e eles reclamando, que não é uma coisa normal. Veja bem, estou dando um alerta pra vocês, de olho nessa arbitragem nesse jogo da volta”, alertou Ronaldo sobre as partidas da Libertadores que acontecem semana que vem. 

Na terça-feira, 13, o Atlético-MG enfrentou o Boca Juniors na Argentina e a partida acabou num empate sem gols. Isso porque os árbitros viram falta num lance antes do Boca balançar as redes.

No mesmo dia, o Fluminense venceu o Cerro Porteño por 2 a 0 com uma polêmica arbitragem. A própria Conmebol assumiu que errou ao anular um gol legal da equipe paraguaia.

“O VAR checou a jogada com um ângulo muito fechado, deixando de levar em conta um defensor que está na parte inferior da tela para a colocação de linhas virtuais. Esse defensor habilitaria todos os atacantes, caracterizando um erro na decisão final”, aponta o áudio divulgado pela entidade. 

A Conmebol decidiu afastar os envolvidos nesses lances polêmicos: o árbitro Andrés Rojas, os árbitros de vídeo Derlis Lopez, Cesar Deischeler e Eduardo Gamboa e o assistente Julio Fernandes.

Outra polêmica que aconteceu na Libertadores e foi discutida durante o programa, foi a marcação do pênalti na vitória do Palmeiras por 1 a 0 contra o Universidad Católica. Segundo as regras da Conmebol, a penalidade máxima foi marcada corretamente. “Muitas vezes vai acontecer esse mesmo lance e o juiz não dá (pênalti)”, completou o comentarista.

Além desses jogos, tivemos a estreia do Renato Gaúcho no Flamengo com uma vitória por 1 a 0. Ainda na primeira etapa, Michael marcou o único gol da partida que deu a vantagem ao clube carioca no jogo de volta das oitavas da Libertadores. O próximo duelo vai acontecer aqui no Brasil.

Leia mais:

Fluminense: Fred pode voltar no jogo da volta da Libertadores contra o Cerro
Flamengo de Renato Gaúcho toca menos, mas chuta melhor que o de Ceni na Libertadores
Volante do Palmeiras faz desarme deitado na Libertadores; assista