Se for negociado com o Boca Juniors, Borja pode ser rival do Palmeiras na Libertadores

Futuro de Borja no Verdão segue indefinido, mas o atacante ainda faz parte dos planos do Boca Juniors, que tenta chegar a um acordo com as partes envolvidas

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Divulgação/Palmeiras

O Boca Juniors segue em busca de reforços para a temporada e tem o atacante colombiano Miguel Borja, que pertence ao Palmeiras, como um dos principais alvos no mercado da bola. Segundo o site Goal, o clube Xeneize ofereceu 3,8 milhões de dólares (cerca de R$ 19,6 milhões na cotação atual) por 50% dos direitos econômicos do jogador, e espera conseguir um acordo com o Verdão, que quer receber 4 milhões de dólares (cerca de R$ 20,6 milhões), além de tentar se acertar com o goleador.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Junior Barranquilla encerra negociações e se despede de Borja; atacante deve voltar ao Palmeiras

A negociação deve ganhar novos capítulos nos próximos dias, ainda mais porque, enquanto não define seu futuro, Borja tem que se reapresentar ao Palmeiras, onde tem contrato até dezembro de 2022. O jogador esteve emprestado ao Junior Barranquilla até junho, mas não teve seus direitos econômicos adquiridos em definitivo pelo clube colombiano, que chegou a oferecer 3 milhões de dólares, mas o valor não agradou a diretoria do Verdão.

Se fechar com o Boca Juniors, Borja poderá ser adversário do Palmeiras na disputa da Copa Libertadores desta temporada. Ambos os clubes estão na mesma chave e podem se encontrar em uma eventual semifinal. O time argentino encara o Atlético-MG nas oitavas e, se avançar, irá pegar o vencedor River Plate x Argentino Jrs nas quartas de final. O Verdão, por sua vez, enfrenta a Universidad Católica nas oitavas e, caso se classifique, irá pegar o vencedor de São Paulo x Racing.

Borja disputou a primeira fase da Copa Libertadores com a camisa do Junior Barranquilla, e marcou seis gols em oito jogos disputados – contando as partidas da fase preliminar. O colombiano é um dos artilheiros da competição, ao lado de Rony, do Palmeiras, e Gabriel Barbosa, do Flamengo, todos com seis gols.

LEIA MAIS:
Palmeiras não vai pedir adiantamento de liberação para Borja; entenda a situação
Palmeiras e Fluminense são os clubes com mais jogadores que já completaram sete jogos e não podem trocar de time no Brasileirão

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes