Vazam novos áudios do presidente do Real Madrid xingando Cristiano Ronaldo: ‘Idiota, ego terrível, um cara doente…’

José Mourinho também é alvo de duros ataques de Florentino Pérez, que detonou diversos jogadores do Real Madrid

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Na manhã desta quarta-feira (14), foi divulgada a terceira parte dos áudios vazados de Florentino Pérez, o presidente do Real Madrid. O jornal “El Confidencial” publicou uma nova parcela na qual Cristiano Ronaldo e José Mourinho são atacados pelo mandatário. A mesma fonte já havia postado algumas gravações em que os ídolos Iker Casillas e Raúl González foram alvos do líder máximo do clube da capital espanhola.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Ao contrário dos áudios anteriores, que são de 2006, os novos são de outubro de 2012 e correspondem a duas conversas diferentes em que dois portugueses são alvos: Mourinho, o treinador da equipe na época, e Cristiano Ronaldo, a principal estrela do clube ao longo da década passada.

“Ele é maluco. Esse cara é um idiota, um cara doente. Você acha que esse cara é normal, mas ele não é normal, caso contrário, ele não faria todas as coisas que faz. A última bobagem que ele fez, que todo mundo no mundo viu… Por que você acha que ele faz essa besteira? “, disparou Florentino Pérez sobre Cristiano Ronaldo.

No áudio seguinte, Florentino cita o empresário Jorge Mendes, Mourinho e o camisa 7 ao mesmo tempo. Ele cita o “ego terrível” dos três e não poupa palavras.

“Mendes não comanda nada nele. Assim como ele não comanda nada em Mourinho. Até para entrevistas. Nada, nem um maldito caso. São caras com um ego terrível, ambos mimados, e eles não entendem a realidade, porque os dois poderiam ganhar muito mais dinheiro se não o fizessem”, disse o presidente do Real Madrid, que prossegue:

“São dois anormais, porque estamos falando de muito dinheiro no domínio dos direitos de imagem. Também, com aquela cara que tem, com aquele jeito desafiante, que todos não gostam deles. Publicidade é o oposto, é o oposto!”, expressou de forma dura.

Mais jogadores do Real Madrid também foram atacados, como o lateral-esquerdo portugues Fábio Coentrão, que era representado por Jorge Mendes.

“Esse é um dos efeitos do Real Madrid. É outro que não tem cabeça e esses caras do Madrid os come. Neste momento ele é uma m*** e Mourinho é um idiota. Não é que ele não queira jogar. Bem, ele é um pouco subnormal. Ele dirige sem licença. Dito isso, a pressão o oprimiu e isso é estar doente. Mas o outro não se importa se ele está doente porque isso o mata. Você está uma m*** “, disse Florentino Pérez.

Apesar das polêmicas, o Real Madrid de 2012 teve sucesso ao quebrar a hegemonia do Barcelona de Pep Guardiola na Espanha e vencer La Liga com campanha histórica, com Cristiano Ronaldo fazendo grande temporada; a Champions League bateu na trave nessa época.