Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Olimpíadas: Yasmin Brunet insinua que Medina foi “roubado” pelos juízes

Yasmin Brunet não poupou palavras após a eliminação de Gabriel Medina para um atleta japonês nas semifinais dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Durante uma transmissão ao vivo no Instagram pessoal, Yasmin Brunet protestou contra a eliminação de Gabriel Medida nas semifinais do torneio olímpico do surfe.

O adversário de Media na semifinal, Kanoa Igarashi, conseguiu marcar 9.33 com uma onda na reta final da bateria, deixando o japonês na liderança até o fim.

Yasmin Brunet e torcedores brasileiros nas redes sociais acusam os juízes de “roubo”, insinuando favorecimento com notas maiores para os atletas da casa.

A maior reclamação foi pelo fato de Medina ter conseguido pegar duas boas ondas e a nota máxima obtida ter sido apenas 8.43.

Por não ter sido liberada pelo Comitê Organizador Local de viajar para o Japão, Yasmin está acompanhando pelas redes sociais todas as baterias de Gabriel Medina.

Palavras de Yasmin Brunet

“A estrela do japonês ou os juízes que roubaram. É isso, gente! Como o surfe é subjetivo, dá para roubar fácil para as pessoas. E é isso, puxam para o país. Se eu estivesse lá… eu pegava esse juiz e nem vou falar nada!”

Japoneses estão na mira dos brasileiros

Além disso, não foi a primeira vez que torcedores brasileiros reclamaram de um possível “favorecimento” dos juízes em competições de notas nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A maior reclamação ficou por conta da final do Skate Street, onde Rayssa Leal conseguiu a medalha de prata, mas a japonesa Momiji Nishiya acabou levando o ouro.

Gabriel Medina disputará a medalha de bronze a partir das 2h16 pelo horário de Brasília contra o australiano Wright, que perdeu a semifinal para o brasileiro Ítalo Ferreira, que foi para a final.

LEIA MAIS