Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Rebeca Andrade pode ganhar terceira medalha; veja quando e onde assistir

Ginasta disputa a final do solo às 5h57 (de Brasília) desta segunda-feira

Fernando Cesarotti
Jornalista, professor universitário e fã ardoroso de qualquer esporte. Autor do OlimpCast, podcast sobre esportes olímpicos.

Crédito: Rebeca fará sua terceira apresentação no solo em Tóquio - Foto: Jamie Squire/Getty Images

Rebeca Andrade ainda tem chance de ganhar mais uma medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Depois do ouro no salto e da prata na competição individual geral, ela disputa a final do solo, nesta segunda-feira, a partir das 5h57 (de Brasília).

As provas começam antes, às 5h, com a final das argolas, que terá a presença do brasileiro Arthur Zanetti. Ele também busca sua terceira medalha, depois de ser ouro na prova em Londres-2012 e prata no Rio-2016.

Clube seleto

Se ganhar sua terceira medalha, Rebeca entrará num clube seleto: o de brasileiros com três medalhas olímpicas, que tem apenas 16 atletas e duas mulheres: a judoca Mayra Aguiar e a ex-levantadora do vôlei Fofão.

Além disso, igualará o feito do canoísta Isaquias Queiroz, que subiu três vezes ao pódio no Rio-2016, como maior medalhista brasileira numa só Olimpíada. Ela já foi, neste domingo, a primeira mulher, em qualquer modalidade, a ganhar duas medalhas na mesma edição.

Esse feito já foi realizado por dois nadadores: Cesar Cielo, que foi ouro nos 50m livre e prata nos 100m livre nos Jogos de Pequim-2008, e Gustavo Borges, que ganhou prata nos 200m livre e bronze nos 100m, isso nos Jogos de Atlanta-1996.

“Baile de favela”, parte 3

Na final, Rebeca voltará a apresentar a coreografia ao som de “Baile de Favela”, hit fund de MC João, com um arranjo sinfônico. Nas eliminatórias, ela ficou com a quarta melhor nota, 14,066.

Na final da competição individual geral, cometeu pelo menos dois erros de execução e caiu para 13,666. Se tivesse repetido a nota anterior, seria ouro também nessa prova, que soma apresentações em quatro aparelhos.

Onde assistir

A TV Globo transmite as finais da ginástica a partir das 5h (de Brasília), com narração de Galvão Bueno e comentários dos ex-ginastas Daiane dos Santos e Diego Hypólito. O Sportv deve ter Luís Carlos Jr. na narração, com Jade Barbosa e Daniele Hypólito nos comentários. No Bandsports, a narração é de Cacá Fernando e os comentários, de MArcelo Soufia. Os três canais estão disponíveis também na internet.

LEIA MAIS:

Veja como está o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020

É OURO! Rebeca Andrade vence a prova de saltos na ginástica artística

Nádia Comaneci cumprimenta Rebeca pelo ouro: “Impressionante”