Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Brasileirão: CBF e Assaí usam prêmio de “Melhor Jogador do Mês” para doar alimentos

A cada mês, um jogador que disputa o torneio nacional é eleito o melhor mediante votação popular na internet

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 28 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Uma das novidades do Brasileirão Série A em 2021, o prêmio “Melhor Jogador do Mês” vai disponibilizar dez toneladas de alimentos para serem doados. A ação é uma parceria entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a rede atacadista Assaí, entidade que organiza o torneio a empresa que é dona dos Naming Rights da competição desde 2018, respectivamente. A informação é do site Marketing Esportivo.

As doações iniciaram na semana passada com o atacante Hulk, do Atlético-MG. Ele foi eleito o melhor jogador dos meses de julho e agosto, mediante votação popular, nas redes sociais.

As doações vão ocorrer em 23 estados do Brasil, mais o Distrito Federal. Ou seja, nos lugares onde o Assaí tem, pelo menos, uma unidade construída.

De acordo com o portal de notícias, a iniciativa faz parte de um plano da rede atacadista em distribuir R$ 5,5 milhões em alimentos doados.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

“Somente no primeiro semestre de 2021, foram doadas 220 toneladas em todo o Brasil, o que equivale a quase meio milhão de pratos de comida (457 mil refeições), para as comunidades em situação de vulnerabilidade”, finaliza o Marketing Esportivo.

Leia também:

Brasileirão: definido o melhor jogador do torneio em agosto. Quem será?

Brasileirão: definido o melhor jogador do torneio em julho. Quem será?

Brasileirão Série A: 13 clubes já podem jogar com público nos estádios; veja quais

Corinthians x Palmeiras: final do Brasileirão Feminino foi um “sucesso de audiência”, diz CBF; veja números

As melhores notícias de esportes, direto para você