Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Nunca critiquei! Deyverson aumenta a lista de heróis improváveis da história do Palmeiras

O Torcedores.com relembra os atletas que decidiram títulos para o Palmeiras, mas que ninguém imaginava ser o herói de uma conquista

Diego Lucio Castro de Oliveira
Torcedor do Corinthians, amante de MMA e Pro-Wrestling, profissional de TI e futuro jornalista

Crédito: Reprodução/Palmeiras

O PALMEIRAS É TRICAMPEÃO DA LIBERTADORES! A conquista veio após vitória por 2×1 em cima do Flamengo, em jogo único da grande final da competição. Os gols palestrinos foram marcados por Raphael Veiga no tempo normal, e já na prorrogação, pasmem: Deyverson fez o gol decisivo!

Mas o centroavante está longe de ser o primeiro herói improvável da história recente do Palmeiras. Pensando nisso, o Torcedores.com relembra os atletas que decidiram campeonatos para o Verdão, mas quem ninguém imaginava.

Marcos (Libertadores 1999)

Mas aí você deve se perguntar: “Como que o São Marcos, campeão do mundo em 2002, era um herói improvável?”. Respondemos! Marcos era o terceiro goleiro no início daquela Libertadores. O titular Velloso se machucou, e o camisa 12 ganhou a briga com Sérgio por essa oportunidade na meta palestrina. O resto é história!

Betinho (Copa do Brasil 2012)

Já em 2012, o Palmeiras tinha time bem mais humilde, e tinha vários potenciais heróis improváveis. Mas a estrela da vez, foi Betinho! No final da Copa do Brasil contra o Coritiba, o centroavante aproveitou cruzamento de Marcos Assunção, e fez o gol do empate que garantiu o título na ocasião.

Fabiano (Brasileirão 2016)

Apesar de ser um campeonato de pontos corridos, o Brasileirão também deu espaço para mais um herói improvável. Precisando apenas vencer a partida contra a Chapecoense para garantir o título antecipado, o Palmeiras contou com gol do contestadíssimo lateral Fabiano, para levantar a taça naquela rodada.

Deyverson (Brasileirão 2018)

Olha aí o Deyverson! O maluco favorito de todo palmeirense, já teve seus dias de herói improvável em 2018, quando marcou contra o Vasco, garantindo mais um título brasileiro de maneira antecipada.

Patrick de Paula (Paulistão 2020)

No Paulistão de 2020, o técnico Vanderlei Luxemburgo deu chances para muitos jovens atletas, e Patrick de Paula foi um destes. Além do bom futebol apresentado naquele estadual, o volante teve a responsabilidade de bater o último pênalti contra o arquirrival Corinthians, na grande final. Problema? Nada disso! Patrick cobrou com personalidade, garantindo o título paulista.

Breno Lopes (Libertadores 2020)

Herói improvável em final de Libertadores? O roteiro é bem conhecido, e aconteceu ainda neste ano, em jogo final da edição de 2020. O clássico contra o Santos tinha tudo para ir para os pênaltis, mas Breno Lopes, que havia entrado durante a partida, marcou de cabeça já nos acréscimos, e deu o bicampeonato ao Palmeiras.

Deyverson (Libertadores 2021)

E pra fechar a lista, mais uma de Deyverson! O centroavante conviveu com críticas, foi emprestado, voltou, e até fez alguns golzinhos nesse retorno. Mas nem de longe, era esperado que tivesse uma oportunidade durante esta final contra o Flamengo. Pois Abel Ferreira mais uma vez brilhou, ao colocar mais um herói improvável vindo do banco de reservas, para decidir mais uma Libertadores. ÉPICO!

Siga o Torcedores no Instagram e no Twitter

LEIA TAMBÉM:
Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato

Arrascaeta na Arábia, Luiz Adriano de saída e Soteldo na Série A: veja os rumores da semana

Black Friday no futebol? Confira os melhores memes das ‘promoções’ no esporte

10 técnicos que não deram certo nos clubes em que são ídolos

Neto surpreende e aponta torcida ‘mais engajada’ do Brasil

Cafu aponta favorito para conquistar a Champions League: “Tem jogadores decisivos”