Torcedores – Notícias Esportivas

Hamilton alfinetado, buraco em Interlagos, regra removida, nova equipe e mais: as últimas notícias da Fórmula 1

Torcedores.com traz as principais notícias que agitaram o mundo da F1 nas últimas horas

Cido Vieira
Jornalista graduado. Redator do Torcedores.com desde 2017. Repórter na rádio Provisão FM Caruaru.

Crédito: Montagem - Fotos: Reprodução - Foto: Eduardo Bassani/Arquivo pessoal - Reprodução Instagram F1

A temporada 2022 na Fórmula 1 está em sua contagem regressiva para o ronco dos motores. Enquanto o dia 18 de março não chega, confira os principais destaques que movimentaram a categoria neste final de semana.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou uma mudança para a temporada 2022 da Fórmula 1. A partir deste ano, os dez primeiros colocados não serão obrigados a iniciar a corrida com o pneu do Q2. A decisão se deu após os membros de equipes discutirem a remoção da regra, que estava vigente desde 2014.

A normal antiga exigia que todos os pilotos que chegassem no Q3 começassem a corrida com os compostos utilizados na volta rápida da parte anterior. A regra tinha como objetivo criar uma camada extra de risco, uma vez que incentivava algumas equipes a tentar chegar à última fase dos treinos classificatórias com um conjunto de pneus mais duros para ganhar vantagem no grid de largada.

GP de Interlagos: Cratera se abre na Curva do Laranjinha e assusta

Na manhã do último sábado (19), uma cratera foi avistada no asfalto do autódromo de Interlagos. O buraco surgiu na famosa Curva do Laranjinha. Segundo a administração do circuito, o problema se deu em função de uma ruptura de galeria de água. Houve um reparo e será realizada uma reforma completa nesta segunda (21).

Para Pierre Gasly, piloto da Alpha Tauri, o desempenho de Lewis Hamilton na Fórmula 1 seria totalmente distinto se ele guiasse um carro da Haas ou Williams, ao invés de uma Mercedes.

Em entrevista ao Mashup, o Gasly pontuou que ‘o carro faz a maior parte do resultado’, sugerindo que os pilotos não têm influência na classificação.

“Infelizmente em nosso esporte, o carro faz a maior parte do resultado. Mesmo que Lewis seja o melhor piloto da história da Fórmula 1, hoje, em uma Williams ou Haas, ele terminaria em último”, afirmou o piloto francês.

A Fórmula 1 pode ter novidades a partir da temporada 2024 no que se diz respeito ao número de equipes. Na última sexta-feira (18), a marca Andretti confirmou a oficialização de um pedido de inscrição junto à FIA para entrar na competição. Diante disso, a principal categoria pode passar a contar com 11 escuderias e 22 pilotos.

O tradicional Grande Prêmio de Austin permanecerá no calendário da Fórmula 1 por mais tempo. Na última sexta, a categoria informou a renovação contratual com o Circuito das Américas até 2026. A novidade foi comemorada pelo CEO da F1, Stefano Domenicali.

“Estamos empolgados em anunciar a renovação do contrato com o Circuito das Américas, antes do início da emocionante temporada de 2022. Quero agradecer ao promotor da corrida por sua dedicação e entusiasmo contínuos pela Fórmula 1, onde juntos continuamos a aumentar o entusiasmo em torno do nosso esporte nos EUA, após o enorme sucesso da Netflix, o trabalho da ESPN e a incrível temporada que tivemos em 2021″, disse o chefão da F1.