Torcedores – Notícias Esportivas

Cristiano Ronaldo sugeriu par de óculos ao juiz em derrota na Champions

Cena inusitada ocorreu após o gol do Atlético de Madrid, que eliminou o Manchester United em pleno Old Trafford

Álvaro Logullo Neto
24 anos, formado em Jornalismo pela Universidade de São Paulo e, desde 2021, redator de esportes no Torcedores.com. Por aqui, um pouco de tudo: tênis, basquete, NFL, Fórmula 1, esportes olímpicos e Fiorentina... digo, futebol!

Crédito: BT SPORT

A Champions League acabou de forma precoce para o Manchester United, de Cristiano Ronaldo. Após empate por 1 a 1 com o Atlético de Madrid, na Espanha, os Red Devils foram derrotados e casa, por 1 a 0. Dessa forma, o time inglês deu adeus a sua última chance de título nesta temporada. No entanto, não sem reclamar demais da arbitragem.

A controvérsia principal se deu por uma possível falta na origem do lance de gol do Atleti. E hoje, dois dias após a eliminação do United, o jornal As traz imagens de CR7 totalmente ‘pistola” com a decisão do árbitro esloveno Slavko Vincic. Um vídeo gravado após o gol mostra o craque português gritando com o árbitro.

Além disso, um gesto de Cristiano Ronaldo dá a entender que ele sugeriu um par de óculos ao esloveno. Isso, pouco antes da bola entrar em jogo após o gol do Atlético se confirmado. Enfim, se engana quem imagina que as reclamações se limitaram a CR7 no calor do momento.

Manchester United reclama da arbitragem

Após a eliminação, o treinador dos Red Devils, Ralf Rangnick, detonou a arbitragem em Old Trafford: “Esse gol, em um momento de transição, acredito que foi uma falta em Anthony Elanga, mas o árbitro e o bandeirinha não viram dessa maneira”, afirmou o comandante alemão.

“No segundo tempo, não sei se o jogo foi jogado por mais de dois minutos sem ser interrompido por alguém deitado no chão. [O árbitro] facilitou bastante para o Atlético fazer suas palhaçadas de perda de tempo. É assim que eles jogam nos últimos 10 anos. Não fiquei surpreso”, disparou Rangnick contra a equipe espanhola.

Enfim, diante da derrota traumática, Cristiano Ronaldo vai ter que lidar com uma realidade pouco conhecida. Já é certo que o português terminará a temporada sem conquistar um títulos sequer. Isso não acontece desde 2009, no primeiro ano de CR7 com a camisa do Real Madrid. Ou seja, lá se vão 12 anos desde a última ‘seca’ do craque.