Torcedores – Notícias Esportivas

Ganso exalta trabalho de Abel no Fluminense: “Sabe gerir muito bem o grupo”

Meia foi titular na vitória de goleada do Flu sobre o Resende, que deu ao time o título da Taça Guanabara

Victor Martins
Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.Antes trabalhei para a GG12 (empresa de prestação de serviços de conteúdo para sites), prestando serviços para sites como Federação Paulista de Futebol, Chico Lang, 10dofutebol, Milton Neves, Rádio Capital e outros,

Crédito: Divulgação/Flickr Oficial Fluminense

Com goleada sobre o Resende, no último sábado (5), o Fluminense levou para casa a Taça Guanabara e está mais do que garantido nas semifinais do Campeonato Carioca, marcando o bom começo de trajetória da nova passagem de Abel Braga comandando o clube.

Um dos jogadores que mais se destacaram na partida foi Paulo Henrique Ganso. O meia teve duas participações em gol, inclusive uma assistência na vitória de sábado, a 11ª invicta do Tricolor. Para o atleta, muito do sucesso do clube neste começo de temporada tem a ver com o fato da boa gestão de grupo feita por Abel, que tem alternado entre usar formações titulares e reservas.

“O Abel está sabendo gerir bem o grupo. Isso faz toda a diferença. Esse é um elenco muito forte que a gente tem esse ano. E que a gente possa crescer muito mais”, declarou Ganso segundo o GE.

O título da Taça Guanabara acontece em meio a um momento em que o Fluminense vive a empolgação da classificação para a terceira fase preliminar da Libertadores, passando pelo Millonarios. Agora, terá pela frente o Olimpia nesta quarta-feira (9) para tentar passar o último obstáculo que o Tricolor terá antes de tentar a fase de grupos. O momento agora será de pensar nos paraguaios.

“É o primeiro título do ano. Depois, a gente pensa na quarta-feira depois, que vai ser mais complicado. Vamos comemorar um pouco, ficar felizes pelo trabalho que estamos fazendo aqui e pensar na quarta para tentar ganhar de novo. Fazer vantagem, mas não será fácil. Estamos com os pés no chão”, disse.