Torcedores – Notícias Esportivas

Hulk se irrita e manda recado para torcida do Atlético-MG após derrota na Libertadores

Galo perdeu longa invencibilidade no torneio que já perdurava por 18 jogos

Cido Vieira
Jornalista graduado. Redator do Torcedores.com desde 2017. Repórter na rádio Provisão FM Caruaru.

Crédito: Fernando-Bizerra-Getty-Images

O atacante Hulk subiu o tom após a derrota do Atlético-MG diante do Desportes Tolima na noite da última quarta-feira (25), no Mineirão, em confronto da última rodada da fase de grupos da Libertadores. Insatisfeita com o revés de 2 a 1 para o time colombiano, a torcida alvinegra vaiou os comandados de “El Turco”, e a postura não agradou o artilheiro.

Na entrevista após o apito final, Hulk admitiu que o Atlético-MG errou ao sofrer dois tentos em lances de contragolpes do Tolima, mas deixou claro que não gostou das vaias.

“Questão de perder ou ganhar faz parte do futebol. A gente entra em campo para dar nosso melhor. Como falo, a gente nem sempre vai ser feliz ou tomar as melhores decisões. Nem sempre vamos ganhar, vamos perder e empatar também, faz parte. O importante é manter o foco e a cabeça erguida”, iniciou o atacante do Galo.

“A gente sabia que o Tolima gosta muito de contra-ataques, e, infelizmente, tomamos gols de contra-ataques. Erramos. Só acho desnecessária a questão da vaia, porque quem estava presente viu que a equipe se dedicou ao máximo e buscou fazer tudo para alcançar a vitória”, argumentou.

“Infelizmente, não conseguimos ganhar. Agora, temos que levantar a cabeça. Temos muitos jogos pela frente e é importante manter o foco”, complementou o ídolo do Atlético-MG.

Apesar do resultado negativo, o Atlético-MG selou a liderança do Grupo D na Libertadores e aguardará o seu oponente, em sorteio que será realizado nesta sexta-feira (27), pela Conmebol.

O próximo embate do Galo está programado para o domingo (29), às 19h (de Brasília), contra o Avaí, em jogo da 8ª rodada do Brasileirão. No certame, o alvinegro é o quarto colocado, com 12 pontos, dois a menos em relação ao líder Corinthians.