Torcedores – Notícias Esportivas

Após Mbappé renovar com o PSG, jogador do Real dispara: “Ser do Madrid é um privilégio que nem todos podem ter”

Atacante recusou oferta do clube merengue para seguir no elenco do Paris Saint-Germain

Bruno Romão
25 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação - Real Madrid

Uma das principais novelas do futebol mundial foi encerrada neste sábado (21). Após uma longa negociação, Mbappé fechou renovação com o PSG, clube que irá defender até junho de 2025. Sendo assim, o atleta frustrou os planos do Real Madrid, time que chegou a ser apontado como seu destino. Neste cenário, o camisa 7 virou alvo de uma alfinetada de Federico Valverde.

Nas redes sociais, o volante celebrou o final da trajetória do Real Madrid no Campeonato Espanhol, que terminou com o título da competição. Dessa forma, ele ainda aproveitou para exaltar o privilégio de atuar no time merengue, cenário que é bastante restrito para os atletas profissionais

Fim de uma temporada incrível. Ser do (Real) Madrid é um privilégio que nem todos podem te.r Obrigado, torcedores, o melhor ainda está por vir”, escreveu Valverde.

De acordo com a imprensa espanhola, Mbappé comunicou sua decisão a Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, através de uma mensagem por WhatsApp. Diante disso, o atacante valorizou a proposta, mas justificou a escolha de ficar no PSG.

Sr. Florentino: informo que decidi ficar no PSG. Quero agradecer a oportunidade que me deu de jogar no Real Madrid, clube do qual sou torcedor desde pequeno. Espero que ele seja compreensivo com minha decisão. Desejo-lhe boa sorte na final da Champions“, afirmou.

Agora, Mbappé seguirá focado no principal objetivo do PSG: vencer a Champions League. Passando a ser dono do maior salário do elenco, que gira em torno de 50 milhões de euros, ele quer provar que o esforço da diretoria não foi em vão.

“Quero anunciar que escolhi estender meu contrato com o Paris Saint-Germain e, claro, estou muito feliz com isso. Estou convencido de que aqui posso continuar a crescer dentro de um clube que se dá todos os meios para atuar ao mais alto nível. Estou também muito feliz por poder continuar a evoluir em França, país onde nasci, cresci e floresci. Gostaria de agradecer ao presidente, Nasser Al-Khelaïfi, por sua confiança, sua compreensão e sua paciência. Também quero agradecer todos os torcedores do Paris Saint-Germain, na França e no mundo, por suas inúmeras manifestações de carinho, especialmente nos últimos meses”, celebrou.