Torcedores – Notícias Esportivas

Max Verstappen vence GP Miami de Fórmula 1 e se aproxima do líder Charles Leclerc

Piloto da Red Bull larga em terceiro, assume a ponta em dez voltas e lidera até o final, vencendo o primeiro GP de Miami

Rico Chermont
Gestor Esportivo | Sport Management Fala sobre #esportes, #experiencia, #sportsmanagement, #gestãoesportiva e #marketingesportivoPresidente MiniFootball Brasil Presidente Pan American Minifootball Federation CEO na Chermont BR Company CEO na ChBR Advertising CEO na ChBR Sports

Max Verstappen, atual campeão de Fórmula 1, venceu, sem preocupações, o GP de Miami. Depois de largar na terceira colocação e assumir a 2ª colocação na primeira curva, piloto da Red Bull demorou 11 voltas para assumir a ponta e liderar seu Red Bull até o final da corrida.

Charles Leclerc, da Ferrari e líder da temporada, terminou na segunda colocação. Apesar de ter largado muito bem, foi ultrapassado por Max e não conseguiu acompanhar o ritmo do piloto holandês da Red Bull. Leclerc errou em algumas curvas, que o distanciaram do líder e desgastaram seus pneus mais rápido, obrigando a Ferrari a mexer na estratégia de boxes.

Carlos Sainz completou a corrida na terceira colocação, conseguindo segurar o piloto mexicano Sérgio Perez, que terminou em quarto colocado. George Russel e Lewis Hamilton, pilotos da Mercedes, terminaram em 5º e 6º lugar, respectivamente.

Em sétimo lugar, Valtteri Bottas, da Alphatauri. Fernando Alonso, piloto da Alpine, terminou em oitavo. Esteban Ocon, da Alpine, largou em último e fez uma excelente corrida de recuperação, terminando em nono. Completando o Top 10 de Miami, Alex Albon, da Williams, ficou com a décima colocação.

Com a vitória, Max Verstappen, que também conquistou a volta mais rápida, diminuiu a diferença sobre o líder da temporada, Charles Leclerc. Max chegou a 85 pontos contra 104 de Charles Leclerc.

LEIA TAMBÉM: F1: Pinturas dos capacetes dos pilotos fazem sucesso na estreia do GP Miami

SAFETY CAR

O safetycar apareceu na volta 41, após acidente entre Pierry Gasly, da Alphatauri e Lando Norris, da McLaren. Apesar do acidente, Gasly continuou na corrida e quem se deu mal foi Lando Norris, que perdeu uma das rodas traseiras e abandonou a corrida. Com isso, a diferença de tempo entre os pilotos se reduziram a quase zero, gerando praticamente uma relargada, que demorou 5 voltas para acontecer.

A RELARGADA

Após as 5 voltas com Safetycar, os pilotos voltaram a acelerar. As posições não mudaram até a volta 49, quando voltou a ser habilitado o uso da asa móvel. Nesse momento, Leclerc se aproximou bastante de Verstappen, mas não conseguiu superar o carro da Red Bull. Quem se deu bem foram os pilotos da Mercedes, que aproveitaram o erro de Valtteri Bottas e ultrapassaram o piloto da Alfa Romeo.

O CAMPEÃO DESOLADO

O sete vezes campeão, Lewis Hamilton, da Mercedes, não está tendo uma boa temporada. Com os erros de desenvolvimento dos carros da Mercedes, Lewis não está conseguindo andar no primeiro pelotão e render tudo o que seu talento é capaz de render. Hamilton largou na sexta colocação, mas ao largar, caiu para a oitava colocação. Foram precisas 7 voltas para se recuperar e tentar acompanhar o ritmo dos pilotos da frente.

Com 22 voltas, Lewis parou nos boxes para troca de pneus e voltou para as pistas com pneus duros e uma estratégia de apenas uma parada. Na volta a pista, retornou em oitavo novamente, a frente de Danniel Ricciardo, da McLaren. Após a bandeira amarela e o safety car, Hamilton não conseguiu fazer muita coisa e terminou em sexto, atrás de seu companheiro de equipe, George Russel, que terminou em quinto.

ABANDONOS

Quatro pilotos não completaram a corrida em Miami. O primeiro a abandonar foi o chinês Guanyu Zhou. Lando Norris foi o segundo a abandonar a corrida, após colidir com Pierre Gasly, que tentou se manter na pista, foi aos boxes, voltou, mas não conseguiu levar o carro até o final e também abandonou. Por último, no final da corrida, o tetracampeão Sebastian Vettel colidiu com Mick Schumacher e também deixou a prova.

RESULTADO FINAL

01. Max Verstappen – Red Bull

02. Charles Leclerc – Ferrari

03. Carlos Sainz – Ferrari

04. Sérgio Perez – Red Bull

05. George Russel – Mercedes

06. Lewis Hamilton – Mercedes

07. Valtteri Bottas – Alfa Romeo

08. Fernando Alonso – Alpine

09. Esteban Ocon – Alpine

10. Alex Albom – Williams

11. Daniel Ricciardo – McLaren

12. Lance Stroll – Aston Martin

13. Yuki Tsunoda – Alphatauri

14. Kevin Magnussen – Haas

15. Nicolas Latifi – Williams

16. Mick Schumacher – Haas

17. Sebastian Vettel – Aston Martin (Não terminou)

18. Pierre Gasly – Alphatauri (Não terminou)

19. Lando Norris – McLaren (Não terminou)

20. Guanyu Zhou – Alfa Romeo (Não terminou)