Torcedores – Notícias Esportivas

Roger revela o que disse para os jogadores do Grêmio e faz alerta: “Precisamos entender a competição”

Técnico Roger Machado lamentou o resultado diante do Ituano fora de casa; Grêmio não está no G-4

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Já no apagar das luzes, o Grêmio deixou escapar três pontos bem importantes e ficou apenas no 1×1 diante do Ituano, em São Paulo, nesta segunda-feira. O resultado deixou o time gaúcho em 6° com 11 pontos, gerando preocupação na torcida e também no técnico Roger Machado, que admitiu não ter gostado do primeiro tempo em Itu.

Tanto é que revelou aos atletas, em sua coletiva, que poderia até ter trocado cinco jogadores de forma direta no intervalo dada a má atuação da equipe:

“Falei pros atletas no final do jogo que troquei duas posições, mas podia ter trocado cinco no intervalo. Tecnicamente fomos mal, coletivamente também. Sofremos e fomos marcados de forma forte, com muitas faltas. Não nos adaptamos ao jogo. Com as mudanças e com o 4-4-2, a gente controlou melhor o jogo e fizemos o gol. Ganhamos um ponto, porque pela justiça do jogo o Ituano poderia ter saído com placar nos primeiros 45 minutos”, declarou.

Roger faz alerta ao Grêmio

Fora do G-4 neste momento, o Grêmio precisa entender o “tipo” de competição que está jogando, segundo avaliação de Roger:

“Só a camisa do Grêmio não vai nos adiantar para o acesso. A intensidade tem que ser a mesma do primeiro ao último minuto. Hoje a gente não conseguiu fazer o mesmo do segundo tempo do jogo contra o Cruzeiro mesmo com o Gabriel Silva no time. No segundo tempo de hoje, com Elkeson e Diego, funcionou melhor na segunda etapa. Precisamos entender qual o tipo de competição estamos enfrentando”, ampliou.

Pressionado para voltar a vencer depois de derrota para o Cruzeiro e empate diante do Ituano, o Grêmio já volta a jogar nesta quinta-feira, a partir das 19h, diante do Criciúma, na Arena, em Porto Alegre.