Torcedores – Notícias Esportivas

Dorival prevê evolução rápida do Flamengo e diz o que fará com Pedro e Lázaro

Rubro-Negro foi derrotado pelo Atlético-MG, mas mantém confronto vivo com gol no final

Matheus Leal
Setorista e editor-assistente do Torcedores.com

Crédito: Marcelo Cortes - Divulgação - Flamengo

O Flamengo mudou a postura, buscou ser mais intenso, agressivo, mas ainda assim foi derrotado pelo Atlético-MG. Na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Rubro-Negro perdeu de 2×1 no Mineirão e agora leva a decisão para o Maracanã.

A melhora entre um confronto e outro com o Atlético-MG fez o técnico Dorival Jr elogiar a evolução da equipe e prever uma rápida virada de momento. Em análise, o técnico do Flamengo afirmou que alguns problemas já estão sendo resolvidos e que no futebol ‘céu e inferno estão a um palmo de distância’.

“Aos poucos alguns problemas vão sendo resolvidos e sanados. Hoje tivemos um jogo mais seguro em todos os aspectos. As pessoas podem falar que o Atlético deu a bola ao Flamengo, mas é o contrário, o Flamengo que não deu a bola ao Atlético. E começamos a jogar no campo adversário. Ainda temos alguns pequenos problemas que estamos trabalhando e observando para que melhoremos ao longo das partidas. Esse movimento de infiltração é mais do que necessário tendo os jogadores do nível que temos, com a aproximação que está acontecendo, faltando apenas o último detalhe, o último passe para que tenhamos possibilidade de definições. Isso tudo vai ser organizado e estamos tentando corrigir alguma coisa, mas infelizmente é com o campeonato em andamento e muito pouco tempo de trabalho. A evolução é nítida, mas os resultados negativos acabam encobrindo muita coisa. Mas a postura que a equipe vem mostrando, mesmo no jogo anterior, não foi aquilo que foi desenhado. Eu confio muito e acredito que em pouco tempo daremos uma virada. No futebol o céu e o inferno estão a um palmo de distância e as coisas podem mudar a qualquer momento”, analisou o treinador do Flamengo.

Uma pedida da torcida é a maior utilização dos atacantes Pedro e Lázaro, que inclusive fez o gol do Fla na partida. Questionado sobre, Dorival Jr afirmou que é questão de tempo para a equipe encontrar um maior equilíbrio e após isso o time adaptar algumas situações.

“Pedro é um jogador extremamente técnico, que poucos times possuem, diferenciado. O que ele precisa é de uma sequência. É natural isso. A partir do momento que a equipe encontre um equilíbrio, podemos adaptar em algum momento Gabriel e Pedro. Porque é um jogador de altíssimo nível. Às vezes um atleta entrando 15, 20 ou 30 minutos fica muito complicado. O ritmo do jogo é outro. Quando consegue se posicionar o tempo acaba passando muito rapidamente e nós temos que ter esse cuidado, que os jogadores ganhem oportunidade aos poucos e tenham confiança para desenvolver o seu melhor”, disse o treinador.

“Com o Lázaro é a mesma coisa (que o Pedro), vamos ter calma e paciência. Aos poucos ele vai ganhando espaço, vai se preparando e de repente será um jogador muito importante, principalmente com o problema que tivemos com o Bruno, totalmente inesperado para um momento como esse”, completou.

O Flamengo volta a campo no sábado, pelo Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro recebe o América-MG, às 19h (de Brasília), no Maracanã. O jogo de volta contra o Atlético-MG será no dia 13 de julho.