Home Futebol Sem emprego há 6 anos, Celso Roth critica cultura do Brasil e avisa: “Voltarei em breve”

Sem emprego há 6 anos, Celso Roth critica cultura do Brasil e avisa: “Voltarei em breve”

Último trabalho de Celso Roth foi no Internacional, em 2016, e desde então ele não comandou mais nenhum clube; veja

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor na Jovem Pan News e no Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

O técnico Celso Roth vive um momento de ostracismo dentro do futebol. Ele está desempregado há quase 6 anos e seu último clube foi o Internacional, em 2016, na campanha do rebaixamento do Colorado ao Brasileirão Série B.

PUBLICIDADE

Em entrevista concedida ao canal “Sambafoot Brasil”, Roth criticou a cultura do futebol brasileiro, que demite treinadores a todo momento.

“Esses novos treinadores precisam ter muita persistência. Aqui não se avalia o trabalho, se avalia só o resultado”, comentou o treinador.

PUBLICIDADE

Ex-técnico do Vasco em 2015 e do Internacional em 2016, Roth abordou os fracassos nos últimos clubes onde atuou. De acordo com o comandante, ele não abre mão de suas convicções.

“O mercado é que me deixou de fora. Eu sou um cara muito disciplinado e claro nas minhas coisas, tenho muita atitude e decisão, e isso incomoda. Mas eu voltarei em breve”, avisou o treinador que não pensa em uma aposentadoria.

A carreira de Celso Roth é marcada por dirigir equipes que passam momentos de dificuldades em campo, por isso ganhou o apelido de “apagador de incêndio”.

“Não me arrependo, mas tenho que fazer mea-culpa. Eu passei a não trabalhar nos campeonatos regionais e a só trabalhar nos nacionais. E aí começou a fama de apagador de incêndio”, avaliou.

PUBLICIDADE

Além de Inter e Vasco, Celso Roth comandou outros grandes clubes brasileiros, como Grêmio, Atlético-MG, Cruzeiro, Santos, Palmeiras, Goiás, Sport, Vitória, Flamengo e Botafogo, entre outros. Faltou treinar Fluminense, São Paulo e Corinthians.

Confira a entrevista de Celso Roth ao Sambafoot:

Celso Roth tem 64 anos de idade e é natural de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul.