Home Automobilismo F1: Felipe Massa estuda ir a justiça por título de 2008 com novas evidências do GP de Singapura daquele ano

F1: Felipe Massa estuda ir a justiça por título de 2008 com novas evidências do GP de Singapura daquele ano

Felipe Massa estuda medida judicial, 15 anos depois do escândalo

Carlos Lemes Jr
Olá! Sou Carlos Lemes Jr e sou Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL. Escrevo sobre: futebol, mídia esportiva, tênis e basquete. Acredito que o esporte seja uma ótima ferramenta de inclusão, pois, sou cadeirante. Então, creio que uma das minhas "missões" aqui no Torcedores seja cobrir esporte paralímpico. Hobbies: ler, escrever e escutar música.
Atualmente na Stock Car, Felipe Massa era piloto da Ferrari, em 2008, e chegou a ser campeão mundial por "alguns segundos". Brasileiro venceu o GP de Interlagos, encerramento daquela tumultuada temporada

Felipe Massa (Divulgação/Facebook Oficial)

PUBLICIDADE

Uma das páginas mais obscuras da história da Fórmula 1, está prestes a ser revisitada.

Isso, porque o brasileiro Felipe Massa estuda ir aos tribunais pelo título da temporada 2008. Naquele certame, Massa perdeu o título por 1 ponto para Lewis Hamilton, na época, piloto da McLaren.

“Primeiro, isso é muito triste, descobrir que uma corrida foi roubada… Isso ficou claro no ano seguinte”, disse Massa. “Aconteceram as punições do (Flavio) Briatore e do Pat Symonds, enquanto o resultado de uma coisa que foi roubada, [com isso] não aconteceu nada.”, fala um indignado Felipe, em entrevista a versão brasileira do Motorsport.com

PUBLICIDADE

Ele cita personagens do famoso caso Singapuragate, que ficou conhecido pela batida proposital de Nelsinho Piquet para favorecer, seu companheiro de Renault, Fernando Alonso. Depois da paralisação, o espanhol ficou com a vitória, no GP. Já Piquet, teve sua renovação para a temporada 2009, assegurada.

“(Em) tudo o que eu fiz eu tenho felicidade tremenda, mas é muito triste você pensar que aconteceu um caso como esse e, depois de 15 anos, você ouve essa situação. O que um título faria para um país no desenvolvimento de pilotos? Olha o que o Senna fez pelo automobilismo… quantos pilotos brasileiros foram para a F1 depois? Tem muita coisa no meio. O que isso representaria, não só para mim, mas para o Brasil”, acrescenta o atual piloto da Stock Car, na mesma entrevista.

“Gatilho” para Felipe Massa foi declaração de Bernie Ecclestone

O que causou toda essa revolta em Felipe Massa? O estopim foi uma entrevista de Bernie Ecclestone, ex-chefão da F1, ao site especializado F1 Insider.

“Tivemos informações suficientes a tempo de investigar o assunto. De acordo com os estatutos, deveríamos ter cancelado a corrida em Singapura nessas condições.”, revelou o britânico.

PUBLICIDADE

“Isso significa que nunca teria mudado a classificação do campeonato. E então Felipe Massa teria se tornado campeão mundial e não Lewis Hamilton.”, acrescentou Ecclestone, taxativo.