Home Futebol Com vitória sobre o Sevilla na Supercopa da Europa, Manchester City mantém ‘domínio’ no futebol europeu

Com vitória sobre o Sevilla na Supercopa da Europa, Manchester City mantém ‘domínio’ no futebol europeu

Time espanhol conseguiu levar o jogo para as penalidades, mas foi superado pelos citizens, que conquistou mais um título; entenda

William Nunes
Formado em produção audiovisual pela PUCRS, cineasta, redator e escritor, roteirista e Youtuber.

Os citizens conquistaram mais um troféu no ano após derrotem o Sevilla nas cobranças de pênaltis nessa quarta-feira, durante a disputa da Supercopa da Europa, que colocou frente à frente o campeão da Champions League e da Europa League.

PUBLICIDADE

O título se soma à Copa da Inglaterra, Champions League e Premier League, se tornando a quarta conquista do Manchester City somente nesse ano, embora a tríplice coroa tenha sido alcançada ainda na temporada passada.

A nova vitória do time de Pep Guardiola parecer deixar cada vez mais evidente que o Manchester City chegou ao topo da Europa e promete lutar por sua permanência ali. Reforços contratados nessa janela de transferências, como Kovacic e principalmente Gvardiol, deixam claro que a equipe procura se aperfeiçoar ainda mais, mesmo já tendo conquistado a Champions League na temporada passada.

PUBLICIDADE

Manchester City é o “time a ser batido” na Europa

O Sevilla chegou a dificultar a vida dos citizens, que precisaram vencer nas penalidades para levantar o troféu da competição. Nos últimos meses, ninguém foi capaz de bater o Manchester City de Pep Guardiola, com exceção do Arsenal de Mikel Arteta e dessa vez não foi diferente.

O Real Madrid, campeão anterior da Champions, não foi páreo e sofreu uma goleada por 4 a 0 na partida de volta da semifinal. Na Inglaterra, o maior rival, o Manchester United, foi derrotado com certa facilidade na decisão da Copa da Inglaterra, com Gundogan sendo decisivo.

Já na Premier League, talvez o troféu em que o Manchester City teve mais dificuldade para conquistar, o Arsenal se mostrou um adversário ferrenho. Mikel Arteta, treinador que trabalhou como assistente ao lado de Guardiola durante muitos anos, fez uma excelente campanha e abriu uma grande vantagem sobre os citizens, só tendo sido ultrapassado nas últimas semanas da temporada.

O Arsenal, aliás, tanto pela evolução quanto por ter derrotado o Manchester City na Supercopa da Inglaterra na semana passada, tem tudo para ser o grande “arquirrival” de Guardiola nessa temporada, seja na Premier League ou na Champions League. Talvez somente os gunners sejam capazes de ameaçar a “hegemonia” que os citizens querem construir.

PUBLICIDADE