Home Extracampo Ex-técnico do Cruzeiro critica cânticos de torcedores contra brasileiros

Ex-técnico do Cruzeiro critica cânticos de torcedores contra brasileiros

Atualmente no comando do Valladolid, Paulo Pezzolano se manifestou contra atitude preconceituosa dos torcedores

Rogério Guimarães
Rogério Guimarães é editor e redator que atua há mais de dez anos com conteúdos web e impresso de vários segmentos. Formado em Geografia pela USP, Universidade de São Paulo, já trabalhou para agências de publicidade e editoras de material didáticos e técnicos, como FTD, Moderna, Sesi, Senai, Senac entre outras. Atualmente no Torcedores.com.

A passagem de Paulo Pezzolano pelo Cruzeiro teve seus altos e baixos, mas é inegável que o uruguaio tem respeito pelos torcedores brasileiros.

PUBLICIDADE

No último domingo (08), Pezzolano fez duras críticas aos torcedores do Valladolid que entoavam cantos preconceituosos contra os brasileiros que atuam no clube.

O time liderado por Pezzolano venceu por 3 X 2 a partida contra o Mirandés pela décima rodada da La Liga Hypemotion, a segunda divisão espanhola.

PUBLICIDADE

Durante a coletiva, Pezzolano fez um desabafo: ““Fiquei triste e com vergonha que as pessoas cantaram contra os brasileiros. Todos fazemos parte do clube, e é um dano interno que não se vê de fora”.

Ronaldo Fenômeno

O mais impressionante nessa história é que o Valladolid é dirigido por ninguém menos do que Ronaldo Fenômeno, presidente também do Cruzeiro.

O craque adquiriu o clube em 2018 por 30 milhões de euros (R$ 141 milhões na época) quando a equipe ainda figurava na primeira divisão.

A fala de Pezzolano endossou manifestação que Ronaldo já havia feito em suas redes sociais: “Sinto um profundo repúdio aos gritos que uma pequena minoria tem proferido contra uma nacionalidade específica e que não têm lugar no nosso futebol.

PUBLICIDADE

Não só pelos danos que causam à sociedade, mas porque afetam fortemente os jogadores e colaboradores do nosso clube.

O Real Valladolid colaborará ativamente com a La Liga e as autoridades para identificar os responsáveis, para que deixem de manchar a imagem dos nossos adeptos”, escreveu o craque e dono do Cruzeiro.

Racismo no futebol

Os xingamentos preconceituosos por parte dos espanhóis estão se tornando cada vez mais comuns, por mais que as campanhas de conscientização tenham aumentado.

Após o jogo entre Atletico de Madrid e Real Madrid realizado no dia 24/09, três torcedoras negras vestidas com camisas do Real Madrid, uma delas crianças, foram duramente ameaçadas por torcedores do Atlético.

PUBLICIDADE

Cruzeiro hoje

O Cruzeiro aproveitará a data FIFA para se recompor do empate em 1 X 1 com o América-MG no domingo passado (01) e se preparar para o jogo com o Cuiabá, no sábado (14), às 21h (horário de Brasília) na Arena Pantanal pela 27ª rodada do Brasileirão.