Home Futebol Talles Magno coloca Dedé entre os zagueiros ‘mais absurdos’ do futebol brasileiro

Talles Magno coloca Dedé entre os zagueiros ‘mais absurdos’ do futebol brasileiro

Atacante do New York City destacou a atuação do ex-zagueiro da Raposa; atleta se aposentou em 2022

Bruno Bravo Duarte
Bruno Bravo Duarte é um jornalista que atua como editor, redator e repórter há mais de dez anos. Formado em Comunicação Social com habilitação em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá em 2004, teve passagens por EQI Investimentos, Naspistas.com, Jornal Povo, Jornal do Rock e Niterói TV. Atualmente no Torcedores.com
Talles Magno, jogador do New York City,

Mike Stobe/Getty Images

O jogador Talles Magno, do New York City, participou do Charla Podcast, revelando detalhes de sua carreira. A rivalidade entre zagueiros e atacantes foi abordada pelo atleta, que apontou o ex-Cruzeiro Dedé como um dos melhores defensores do futebol brasileiro.

PUBLICIDADE

“Dedé estava de zagueiro na direita e o Orejuela na lateral, foi difícil. Os dois eram muito fortes, as vezes eu ganhava de um e ia desiquilibrado para o outro. Aí vinha o Dedé, um abraço”, contou o jogador.

PUBLICIDADE

Dedé no futebol brasileiro

Dedé iniciou a sua carreira como profissional no Volta Redonda em 2008, permanecendo no Tricolor de Aço por um ano. Os bons resultados em 30 jogos motivou o Vasco, que buscava um defensor para o fortalecimento do seu time.

Pelo Gigante do Colina, Dedé contabilizou 160 jogos em quatro anos. O zagueiro também foi ídolo no Cruzeiro, atuando entre os anos de 2013 e 2021.

Dedé encerrou a sua carreira representando o Athletico Paranaense em um jogo contra o Tocantinópolis, válido pela Copa do Brasil, no ano de 2022.

Cruzeiro no Brasileirão

A Raposa busca alternativas para se afastar da zona do rebaixamento do Brasileirão. O time comandado por Paulo Autuori retornará aos gramados nesta segunda-feira, para um duelo contra o Goiás, no estádio da Serrinha. A bola irá rolar às 21h, no horário de Brasília.

PUBLICIDADE

Já em relação à pontuação, o Cruzeiro é o décimo sexto com 41 pontos, três na frente do Bahia, o primeiro time da zona do rebaixamento.