Home Futebol Fora do Mundial de Clubes, Haaland retorna aos treinamentos no Manchester City

Fora do Mundial de Clubes, Haaland retorna aos treinamentos no Manchester City

Craque dos citizens se recupera de lesão e deve ter condições de jogo para as partidas após a competição mundial

William Nunes
Formado em produção audiovisual pela PUCRS, cineasta, redator e escritor, roteirista e Youtuber.
Haaland em ação pelo Manchester City

Haaland em ação pelo Manchester City (IMAGO/Sebastian Frej)

Sem sombra de dúvidas, para quem estava ansioso e esperava assistir a um confronto divertido entre Manchester City e Fluminense, a ausência de Haaland entre os relacionados é uma grande decepção (com exceção dos torcedores do time carioca, obviamente).

PUBLICIDADE

O atacante norueguês passa por um momento físico complicado e sofreu uma lesão nas últimas semanas. Ainda existia a esperança de que ele pudesse atuar ao menos na final do Mundial de Clubes, porém, ele não conseguiu se recuperar a tempo e foi cortado pela comissão técnica dos citizens.

Enquanto o Manchester City se prepara para enfrentar o Fluminense na decisão da próxima sexta-feira, o atacante Erling Haaland retornou aos treinamentos nas últimas horas, se preparando para a sequência da temporada, onde os citizens terão uma sequência complicada na Premier League.

PUBLICIDADE

Guardiola descartou saída do Manchester City

O grande “cérebro” por trás do sucesso recente do Manchester City, o treinador Pep Guardiola, falou nesta semana sobre sua situação contratual no clube e garantiu que irá continuar na equipe ao menos até o final do contrato, brincando ainda com a possibilidade de ser demitido pelos citizens:

“Estou muito feliz por estar aqui com o Man City. Muito, muito feliz. Ainda tenho mais um ano de contrato. Espero que não me demitam e eu possa ficar aqui, o tempo ainda neste clube!”, falou o técnico do Manchester City.

A parceria Guardiola e Haaland não poderia ter dado mais certo e logo no primeiro ano em que os dois estiveram juntos, a equipe acabou conquistando a tríplice coroa (Champions League, Premier League e Copa da Inglaterra), um feito poucas vezes antes alcançado na Inglaterra.

PUBLICIDADE